Google+ Followers

domingo, 25 de agosto de 2013

um diamante no céu


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Vênus: Os Pássaros (7 de Ouros) + as cartas de corte: O Sol (Ás de Ouros) e A Carta (7 de Espadas). A carta dos pássaros é regida por Urano, o planeta do inesperado, e representa romance, alegrias, conversas entre pessoas queridas, leveza. A carta do sol rege o signo de Leão e nos traz caminhos abertos e abençoados, iluminação, vigor e prosperidade, clareza, sabedoria. A carta da cartinha rege a casa III da mandala astrológica, lugar de regência de Mercúrio, o planeta das comunicações e das trocas, e nos fala sobre convites, notícias, mensagens, avisos, sonhos.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Touro quadrada a Marte em Câncer e ativando um retângulo místico com Sol e Mercúrio virginianos, Saturno em Escorpião e Netuno retrógrado em Peixes. Além disso, o arranjo do céu avança para um alinhamento mais tarde da Lua com Plutão retrógrado e com Sol e Mercúrio conjuntos, formando um belo triângulo com os signos de terra que resultará na estrela de seis pontas, formada pelos trígonos de terra e água, um voltado para cima e o outro para baixo. Para tornar o céu ainda mais milagroso, a lua taurina também participa do grande trígono de água (Júpiter, Saturno e Netuno) através de um bisextil que se forma no fim da tarde ligando-a a Júpiter e a Netuno e configurando o desenho de uma pipa. Do lado oposto, Saturno promove o mesmo efeito, ligando-se ao grande trígono de terra pelo bisextil com Plutão e com Sol e Mercúrio conjuntos. A grande cruz cardinal segue no miolo disso tudo, tensionando Urano retrógrado em Áries, Júpiter em Câncer, Vênus em Libra e Plutão retrógrado em Capricórnio. Meio do Céu em Libra e Ascendente em Capricórnio na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Uma poderosa chance se abre mais uma vez no astral para a resolução de conflitos. A lua cheia no signo de Touro, 1ª morada de Vênus, o planeta do amor e da beleza, desencadeia formações milagrosas através dos aspectos que faz, como uma teia de força amorosa a abraçar o emaranhado de conflitos desencadeados pela grande cruz cardinal. Da pedra bruta se faz diamante lapidado. A vibração é de muito poder, um enlace vigoroso de braços cheios de amor para desembaraçar as linhas teimosas e revelar o capricho do desenho bordado. Embora os signos de terra e de água sejam todos de polaridade feminina, o arranjo de seis pontas ou Estrela de David desencadeado pela lua (Mãe) no sensorial signo taurino (terra), remete à harmonização do feminino e do masculino em seus triângulos opostos e sobrepostos, como a apontar a energia sexual implícita, embalada pela vibração mais poderosa que conhecemos: Amor. Tudo isso no dia do Sol, também em signo de terra e de mãos dadas com Hermes (Mercúrio), o responsável pela comunicação entre os mundos... um grande portal se abre, quem vem?

"Hermes Trismegisto escreveu com uma ponta de diamante em uma lâmina de esmeralda:

O que está embaixo é como o que está no alto,
e o que está no alto é como o que está embaixo.

E por essas coisas fazem-se os milagres de uma coisa só."

As cartas sempre chegam antes no Salamalek. Só depois que elas saem do baralho é que eu abro o mapa do dia. E é incrível como elas mergulham certeiras na vibração astral! Hoje elas trazem o recado (A Carta) diretamente do nosso astro rei (O Sol), que nos presenteia com a chance de curar e clarear todo e qualquer nó que atrapalhe a harmonia de uma convivência feliz (Os Pássaros).

Gratidão imensa!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Imagem: a imagem de hoje veio da minha pasta de arquivos, colhida há tempos de algum lugar da rede.

4 comentários: