Google+ Followers

terça-feira, 12 de novembro de 2013

se o homem foi feito pra voar


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Marte, na 2ª hora de Vênus: O Cigano (ás de Copas) + as cartas de corte: A Casa (♥ Rei de Copas ♥) e A Árvore (7 de Copas). A carta do cigano é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, e o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. A carta da casa rege a casa IV da mandala astrológica, casa de Câncer, onde temos Júpiter retrógrado e Lilith em trânsito, e representa segurança emocional, equilíbrio, proteção, bem como o nosso eu, o nosso lar, a nossa intimidade e a nossa família. A carta da árvore rege o signo de Virgem, onde temos Marte em trânsito, e nos fala de prosperidade, fortalecimento emocional e bem-aventurança, além de carregar a proteção do orixá das matas, Oxóssi.

Breve explanação sobre a tiragem de hoje:
Eita, olha aí Marte/O Cigano de novo! E a árvore também. Ontem inclusive a carta da árvore era a dona do papel principal, mas pela importância de Marte no contexto do céu, dei a ele o destaque. Chamei, né? Hoje, no dia regido por ele, deu ele na cabeça. E, reparem: ontem tivemos 3 cartas de Copas, hoje temos novamente 3 cartas de Copas. Copas vibra emoção, sentimentos, e as cartas chegam perfeitamente conciliadas com o momento astrológico. A diferença entre ontem e hoje vem da substituição da lua pela casa. Muito bom! Sinal que o namoro intuitivo com as sombras trouxe equilíbrio e segurança emocional.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Peixes se opõe a Marte em Virgem, faz trígono com Lilith em Câncer e aciona o grande trígono das águas com Júpiter retrógrado em Câncer e com Sol em Escorpião. Vênus e Plutão conjuntos em Capricórnio quadram Urano retrógrado em Áries, fazem sextil com Nodo Norte escorpiano e se alinham em bisextil com Netuno retrógrado em Peixes e com Mercúrio em Escorpião. Marte em Virgem faz bisextil com Júpiter retrógrado em Câncer e com Sol e Saturno escorpianos. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Permanece no céu de hoje o poderoso trígono das águas capitaneado pela Lua crescente em Peixes, que une forças com Sol e Júpiter. O aspecto benéfico se expande através de bisextil que convoca Marte também. O desenho no mapa é o de uma pipa, formada pela reunião cooperativa de planetas através de aspectos facilitadores, e com uma contradição no recheio, que é a espinha dorsal desta pipa. O aspecto que oferece tensão é a oposição entre a lua pisciana e o Marte virginiano. Então temos uma desarmonia sugerida entre feminino (Lua) e masculino (Marte), ou entre emoção e ação, e na verdade é justamente para a harmonização desses dois polos que tudo concorre, através dos trígonos e sextis que promovem um grande abraço no elemento conflitante. Trocando em miúdos, temos o exemplo do céu para seguir e por ele somos influenciados, nos empoderando e conduzindo a nossa ação para desembaraçar os nós emocionais. O céu inteiro converge para a força harmonizadora e, mais do que isso, nos capacita emocionalmente para agir nessa intenção. Há um fortalecimento da autoestima implícito, para que a capacidade de entendimento seja superior a do conflito. Além disso, como disse aqui ontem, também temos a oportunidade de realizar nossos desejos. Para isso, entretanto, é necessário que acreditemos. Não seria exagero traduzir o momento com a célebre frase "a fé remove montanhas". O eixo em destaque inclusive é o do micro e do macro (Virgem e Peixes), enfatizando o poder do cuidado nas pequenas coisas para a conquista das grandes coisas guardadas no mistério que o todo engloba. O segredo está na força da intenção, que quando corretamente empregada, se transforma naquilo a que chamamos milagre. O que precisamos entender é que também somos agentes das transformações que queremos. Que o sopro criador nos contemple!

As cartas trazem a nossa ação (O Cigano/Marte) em destaque, empoderada pela segurança emocional (A Casa) e pela bem-aventurança e capacidade de expansão dos nossos intentos (A Árvore).

Hoje vamos de Tom Jobim, com a lindíssima Bôto.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário