Google+ Followers

domingo, 17 de novembro de 2013

banho de espuma


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Mercúrio: A Cigana (Ás de Espadas) + as cartas de corte: As Estrelas (6 de Copas) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta da cigana é regida por Vênus e representa a mim e a todas as mulheres que frequentam o Salamalek Tarot, bem como a mulher mais importante da vida dos homens que passam por aqui. A carta das estrelas rege o signo de Aquário e representa sorte, recompensa, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Touro fora de curso (vazia de aspectos) até às 22h08, quando entra em Gêmeos em quadratura em T com Sol em Escorpião e Netuno em Peixes. Netuno pisciano quadra Sol e faz trígono com Mercúrio escorpianos. Vênus e Plutão conjuntos em Capricórnio quadram Urano retrógrado em Áries e aplicam sextis a Saturno e a Mercúrio e Nodo Norte conjuntos em Escorpião. Sol em Escorpião está em trígono com Júpiter em Câncer. Marte em Virgem está em bisextil com Júpiter em Câncer e com Saturno em Escorpião. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Tarde e noite de domingo com a lua cheia e fora de curso em Touro. Um belo convite à preguiça e aos prazeres bem degustados. Mais tarde, logo depois das dez da noite, a lua entra em Gêmeos em quadratura em T com Sol e Netuno, convidando ao exercício de remover o véu que nos ilude e impede de enxergar a realidade tal como é. Como a lua geminiana promove o aumento da comunicação, podemos ter grandes insights ou mesmo receber mensagens que tragam importantes esclarecimentos para o que ainda não tenhamos alcançado a devida compreensão. Mas, até lá o momento é de deleite, da entrega à boa mesa, aos sonhos e cochilos, às brincadeiras do amor em lençóis macios e perfumados, ao convite do sofá com um bom livro por companhia. E tem coisa mais gostosa do que relaxar sem culpa e sem pressa? A dica é aproveitar o finalzinho da vibração da lua sensorial em pleno domingo. No mais, estamos no ápice da lunação escorpiana, com a lua cheia na casa de Vênus e a Vênus caprica entregue aos braços do regente dessa lunação, o poderoso Plutão. Há muito ainda a ser revelado desse encontro que, sem dúvida, enche de poder essa Vênus, mergulhada no mito de Perséfone (mitologia grega) e no momento vivenciando-o. É certo que, como no mito, alguma coisa de Hades ela há de ter aceito durante o rapto, o que a faz agora detentora dos mistérios subterrâneos. A Vênus cabra-marinha, cabra-da-montanha, se transforma na própria montanha, especialmente no seu avesso, o lado de dentro, onde agora por certo há atividade vulcânica. Um vulcão reativado, uma Vênus cheia de poder, um encantador misto de Afrodite e Perséfone. Sim, queridos, foi grande a transformação nos relacionamentos, em todos eles, mas especialmente nos íntimos. Ao longo desta semana os detalhes devem se mostrar mais nítidos, nem todos, porque a aura de mistério é um dos ganhos, absolutamente encantador neste caso... o fortalecimento da jóia interna, da autoestima, do tesouro que é pessoal e intransferível. Celebremos!

As cartas nos trazem a própria Vênus em destaque (A Cigana), com a influência das Estrelas e do Cavaleiro. Eita! Olha aí o nobre cavaleiro colocando o céu nas mãos da moça! Sonhos há muito acalentados podem enfim ter encontrado a via de realização. Vale lembrar que a carta do cavaleiro se traduz no 9 de Copas também, e na tiragem de hoje essa correlação faz todo sentido, sendo o 9 de Copas um realizador de desejos e estando de mãos dadas com a carta da sorte e da recompensa (As Estrelas). Lindo demais!

Para saudar o poder de Vênus, a canção de hoje vem da querida (e também poderosa) Rita Lee: Banho de Espuma.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário