Google+ Followers

segunda-feira, 1 de julho de 2013

haja hoje para tanto ontem*


Boa tarde, queridos!

Cartas de hoje, dia da Lua, na 2ª hora da Lua: O Coração (Príncipe de Copas) + as cartas de corte: O Cigano (Ás de Copas) e A Chave (8 de Ouros). A carta do coração, super assídua por aqui ultimamente, rege a casa VII da mandala astrológica, dos nossos relacionamentos mais íntimos e parcerias, e vibra amor e paixão. A carta do cigano é regida por Marte e representa os homens que visitam o Salamalek Tarot, bem como o homem mais importante da minha vida e da vida das mulheres que frequentam este espaço. A carta da chave é regida pelo Sol e representa solução, revelação de segredos, abertura de caminhos.

No céu do dia temos a Lua minguante em Áries oposta a Saturno retrógrado em Escorpião, quadrada a Mercúrio retrógrado em Câncer e em sextil com Júpiter em Câncer. Logo mais, ao anoitecer, ela entra nas terras férteis de Touro. Saturno retrógrado em Escorpião ainda quadra Vênus em Leão. Nodo Norte em Escorpião está em trígono com o Sol canceriano. A quadratura em T prossegue, envolvendo Urano em Áries, Sol em Câncer e Plutão retrógrado em Capricórnio. O grande triângulo de água também prossegue, sustentado por Sol e Júpiter conjuntos em Câncer, Saturno retrógrado em Escorpião e Netuno retrógrado em Peixes. Meio do Céu em Câncer e Ascendente em Escorpião na hora da tiragem das cartas.

Que teia linda, heim? As soluções aparecem como raios de luz em meio a tantas dificuldades. Já sabemos que é a área dos relacionamentos que passa por ajustes. Um céu cheio de emoção e, ao mesmo tempo, com muitos freios à livre expressão delas. Um pouco de dificuldade muitas vezes serve para testar se queremos algo de verdade e estamos dispostos a batalhar para conquistá-lo. Porque geralmente os obstáculos fazem a gente desistir quando a vontade é fraca, quando não é pra valer. Como na reflexão do duque francês La Rochefoucault "A ausência diminui as pequenas paixões e aumenta as grandes, da mesma forma como o vento apaga as velas e atiça as fogueiras." Pois é... o que tem real importância vem à tona nesse mar de águas revoltas do poderoso trígono unindo os signos de água. Afinal, por mais que as coisas pareçam tranquilas na superfície, há correntes agitando as profundezas. Os retrógrados estão nos três vértices (Mercúrio canceriano, Saturno escorpiano e Netuno pisciano) revolvendo as águas em segredo, mostrando para cada um de nós o que é essencial, o que faz o nosso coração bater mais forte.

As cartas nos trazem exatamente esse entendimento: depois de muitas reflexões e em meio a sentimentos confusos, finalmente o nosso cigano encontra clareza (a chave) para os caminhos do amor (o coração).

E para atravessar o mês de julho, o Salamalek vai acompanhado do arcano 21 do Tarot: O Mundo! Seja bem-vindo e nos derrame suas fartas bênçãos!

Gratidão!
_/\_

(*) o título da postagem é expressão do poeta Paulo Leminski
Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

4 comentários:

  1. Oba! Mundão!
    E essa frase de La Rochefoucault caiu que nem uma luva pra mim. Hehehehehe Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Obrigadú!
    Não entendo muito das cartas... só o que vc fala né? Se vc diz que o mundo é bom, é ótimo então! Mas as cartas têm sido bastante bacanas nesses dias, tomara Deus que tudo isso que foi postado aconteça, ao seu tempo e que a gente possa carregar o que nos chegar...
    Vamos rezar muito, muito, muito!
    Amém e obrigada por tudo SEMPRE! _/\_
    Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. O Mundo é um grande presente, Lúcia, como postei mais cedo no meu outro blog, o Lilith:

    Alegria de viver, amor no coração, autenticidade, equilíbrio e apoteose, colheita, sensibilidade, inspiração, realização, plenitude.

    E vamos que vamos, essas bênçãos são nossas, contemplam a todos da egrégora do Salamalek.

    Beijos, querida.
    _/\_

    ResponderExcluir