Google+ Followers

segunda-feira, 22 de julho de 2013

ponte dos milagres


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia da Lua, na 2ª hora do Sol: A Criança (Príncipe de Espadas) + as cartas de corte: As Estrelas (6 de Copas) e A Chave (8 de Ouros). A carta da criança rege a casa V, casa de Leão, pra onde o Sol rumou hoje, casa dos prazeres, da generosidade e da espontaneidade, mas também da exacerbação dos egos. A Criança nos fala de alegria, pureza, novidades, criatividade e também de teimosia e obstinação. A carta das estrelas, uma das mais abençoadas do baralho cigano, rege o signo de Aquário, onde temos a lua cheia de hoje, e nos fala de caminhos abertos, sorte, bem-aventurança, fé e realizações, além de trazer a proteção do nosso anjo guardião. A carta da chave (de novo por aqui!) é regida pelo Sol e representa soluções. Na tiragem de hoje digo que ela serve de ponte para o equilíbrio, abrindo os nossos caminhos para o encontro entre desejo e necessidade.

No céu do dia temos a Lua cheia em Aquário oposta ao Sol em Leão e fechando uma quadratura em T que também envolve Saturno em Escorpião. Plutão retrógrado em Capricórnio faz sextis com Nodo Norte e Saturno escorpianos e com Netuno retrógrado em Peixes, e opõe-se a Marte e a Mercúrio cancerianos, fechando com este último a outra quadratura em T do céu, que também envolve Urano retrógrado em Áries. Nodo Norte e Mercúrio retrógrado estão em trígono. A Vênus, agora virginiana, se opõe a Netuno retrógrado em Peixes e aplica sextis a Saturno em Escorpião e a Lilith em Câncer. Marte e Júpiter seguem conjuntos, em conjunção exta hoje, e liderando um dos vértices do poderoso trígono de água, que também envolve Saturno em Escorpião e Netuno retrógrado em Peixes. Meio do Céu em Libra e Ascendente em Capricórnio na hora da tiragem das cartas.

O astral está cheio de novidades. O Sol voltou para casa, o signo de Leão, de quem é regente, abrindo uma época de alta criatividade, autoestima e generosidade, mas também de autoritarismo, tal qual um rei em seu reinado... seu governo e relacionamento com os súditos depende do seu grau de maturidade. Sol é alma e ego. É aquela história de escolher qual lobo a gente quer alimentar dentro de nós. Vênus também mudou de endereço hoje, de Rainha virou gata... borralheira. Moça humilde, servil, detalhista e extremamente criteriosa. O amor vai morar nos detalhes, no cuidado diário que arranca as ervas daninhas para que o jardim floresça viçoso. A lua virou aquariana e chegou à fase cheia, quando tudo fica mais intenso, as coisas aparecem e o que é merecido vira colheita. Sendo aquariana a sua plenitude, embora dentro da lunação de Câncer, pega um pouco mais leve na questão da intensidade, que vamos combinar que já anda batendo seus recordes ultimamente. Quadrada a Saturno, essa lua pede liberdade com responsabilidade, e é nos grupos que a sua atuação é mais pungente, nos envolvendo a todos com um sentido maior de humanidade, lembrando-nos que somos todos um e o que fizermos ao outro estamos fazendo a nós mesmos. A quadratura com o Sol expande o exercício entre desejo (Sol) e necessidade (Lua), abrindo uma ponte que pode ser atravessada por aqueles que acreditam de fato no sonho sustentado. O diferencial está no foco e na fé.

Fico impressionada e muito feliz com a coerência das cartas, em perfeita sintonia com o céu, na exata medida da proposta deste espaço... muito lindo tudo isso! A Chave insiste em nos apontar soluções, lembrando que a nossa ação é importantíssima. Não adianta termos a chave em mãos se não tentarmos abrir portas, é pra isso que ela serve. E hoje ela chega exatamente no eixo Leão/Aquário, entre desejo e necessidade, As Estrelas (Lua cheia em Aquário) e A Criança (casa V, casa de Leão, O Sol), abrindo uma possibilidade mágica para a transposição, desde que guiada pela vontade genuína. Essa ponte imaginária também nos chama a atenção para a importância do equilíbrio. Nem tanto ao céu nem tanto à terra é a exata medida para que saibamos o que fazer com a chave.

A carta principal é a da Criança, mas escolhi As Estrelas para ilustrar a postagem, em nome desse milagroso céu.

Para arrematar, a canção do dia vem de Gilberto Gil: Se eu quiser falar com Deus

Gratidão imensa!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand




4 comentários: