Google+ Followers

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

vitoriosa


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Marte, na 1ª hora da Lua: O Cavaleiro (9 de Copas) + as cartas de corte: A Âncora (10 de Espadas) e Os Lírios (Rei de Espadas). A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel. A carta da âncora rege a casa VI da mandala astrológica, casa de Virgem, lugar do nosso cotidiano, da nossa rotina diária. A Âncora representa segurança. A carta dos Lírios é regida pela Lua e nos fala de paz, serenidade, bem-estar, amorosidade, além de carregar a proteção da orixá Oxum.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua nova em Áries oposta a Marte em Libra, fazendo quadratura em T com Urano em Áries e Vênus e Plutão conjuntos em Capricórnio, e em sextil com o Sol em Aquário. Esta noite, às 21h15, ela fica fora de curso (vazia de aspectos) e assim prossegue até às 07h48 de amanhã, quando entra em Touro. Os aspectos que a deixam fora de curso na noite de hoje são duas quadraturas em T, uma com Lilith em Câncer e Marte em Libra e a outra também com Lilith em Câncer e Nodo Norte em Escorpião. Amanhã cedo ela entra em Touro fazendo os mesmos aspectos e mais um belo sextil com Mercúrio e Netuno conjuntos em Peixes. Conforme o dia avança, ela vai se desfazendo das quadraturas em T, mantendo apenas a oposição com o Nodo Norte, e à noite ela ganha mais um sextil e um trígono, formando linda harmonia com Júpiter retrógrado, Mercúrio e Netuno conjuntos, e Vênus e Plutão também conjuntos. Prossegue a quadratura em T entre Urano em Áries, Júpiter retrógrado em Câncer e Vênus e Plutão conjuntos em Capricórnio. Mercúrio e Netuno conjuntos em Peixes fazem trígono com Nodo Norte em Escorpião, que por sua vez quadra Lilith em Câncer. Sol em Aquário quadra Saturno em Escorpião, que por sua vez faz trígono com Lilith em Câncer. Marte em Libra quadra Lilith em Câncer. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho:
Em sintonia com os novos ares da lunação aquariana e desta lua em Áries recém saída do abraço de Urano, o Salamalek Tarot agora terá postagens à noite com dicas para o dia seguinte. Hoje posto mais cedo, mas já embutindo o astral de amanhã.

Depois de esparramar uma pitada generosa de nervosismo e ansiedade no ar, a lua nova ariana já se afasta de Urano, mas ainda pega a rebarba da quadratura em T com Vênus e Plutão conjuntos e Júpiter retrógrado, além da oposição com Marte em Libra, nos sentando na gangorra entre o nosso próprio umbigo e o outro. E o melhor amigo do dia pode ser o espelho, para que a gente pare de descontar nos outros as nossas insatisfações, que são única e exclusivamente responsabilidade nossa. E enquanto não enxergamos isso claramente, a tendência é cair na armadilha do mau humor e do famoso estopim curto que não quer levar desaforo pra casa e acaba metendo os pés pelas mãos. Calma, gente! Áries pode ser completamente estúpido e precipitado quando a cabeça esquenta, o que não é difícil de acontecer, já que é um signo de fogo e rege exatamente a cabeça. Portanto, coloque o foco do outro lado, em toda a criatividade e originalidade disponíveis também no astral. Foque no trabalho e aproveite para ousar novas soluções que tornem mais eficiente o ofício diário. À noite a lua fica fora de curso e você pode igualmente se dedicar à renovação das funções dissociadas do cunho prático, mas que também fazem parte da sua vida. Tente colocar no papel as novas e boas ideias que surgem. Transforme a disposição guerreira em aliada, orientando-a para o despertar criativo. Pra que a pressa, afinal? Amanhã cedinho a lua chega às terras férteis de Touro, morada de Vênus, já em harmonia com Mercúrio e Netuno conjuntos em Peixes, lugar da exaltação de Vênus. E o astral já ganha outro contorno, bem mais calmo e malemolente. Ao longo do dia, a lua taurina vai se desfazendo dos aspectos difíceis e ganhando outros mais harmoniosos para somar com o já harmonioso aspecto com Mercúrio e Netuno, culminando com a auspiciosa comunhão com os dois benéficos, Júpiter e Vênus, seu dispositor, que traz para o encontro nada menos que a profundidade de Plutão. No meio de todo esse romance, há uma oposição da lua com o Nodo Norte, só para ajudar a ajeitar o rumo do destino. Sim, a noite de quarta-feira, dia de Mercúrio, promete um pedacinho do céu aqui embaixo... "na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sapê". Que o amor nos invada todos os sentidos, amém!

Também temos no astral de amanhã a chance de começar a dar forma aos nossos projetos idealizados com o fogo criativo da lua em Áries. Com a lua nova no concretizador elemento terra e abençoada pelos harmoniosos aspectos, finalmente temos o momento propício para parir as crias.

Um alerta bastante útil para todos nós: agilizem hoje e amanhã tudo que se refere a documentos. Quinta-feira, dia 6, Mercúrio fica retrógrado e assim prossegue até o fim de fevereiro. Enquanto ele estiver em marcha a ré, nada de assinar contratos, fazer compras pela internet, comprar tecnologias e firmar acordos. Mercúrio em Peixes por si só já é mestre em deixar confuso o universo das trocas e comunicações. Andando para trás, a coisa toda tende a ficar ainda mais embaçada. O período da retrogradação será bom apenas para retomar assuntos destas áreas que tenham sido postergados e já deveriam ter sido resolvidos.

As cartas nos trazem o Cavaleiro (Mercúrio) em destaque, influenciado pela Âncora e pelos Lírios, em primeiro lugar nos chamando a atenção para o necessário refinamento dos nossos pensamentos e palavras para ter mais segurança neste dia tão voltado às desarmonias, atropelos e afobações. Em segundo lugar nos pedindo para esperar (âncora) a disposição mais amorosa (lírios) que chega (cavaleiro) com a lua de amanhã. E em terceiro lugar nos lembrando de harmonizar (lírios) tudo que se refere ao mundo de Mercúrio (cavaleiro), para atravessarmos com segurança (âncora) o período retrógrado do planeta.

Já no clima da lua taurina de amanhã, a lua das gostosuras, vamos de Ivan Lins, com Vitoriosa.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário