Google+ Followers

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

é você


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Júpiter, na 1ª hora de Vênus: A Cigana (Ás de Espadas) + as cartas de corte: As Nuvens (Rei de Paus) e O Sol (Ás de Ouros). A carta das nuvens é regida por Netuno, e traz consigo uma atmosfera confusa, ilusão, tristeza ou incerteza, mais ou menos como dirigir com o vidro do carro embaçado. Mas ela também vibra a capacidade de deixar fluir, porque mesmo sob um céu carregado, sabemos que de uma hora pra outra os ventos virão e dissiparão as nuvens, trazendo de volta o brilho do sol. As Nuvens carregam a proteção da orixá Iansã. A carta da cigana é regida por Vênus e representa a mim e a todas as mulheres que frequentam o Salamalek Tarot, bem como a mulher mais importante da vida dos homens que passam por aqui. Também temos aí a maneira de nos relacionar representada, já que a carta tem regência de Vênus. A carta do sol rege o signo de Leão, exatamente onde temos a Lua em trânsito e onde ela se fará cheia amanhã, e nos traz caminhos abertos e abençoados, iluminação, prosperidade, vigor, clareza, sabedoria e cura. O Sol carrega a abençoada proteção de Oxalá.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a lua crescente em Leão em trígono com Urano em Áries. à noite, às 21h51, a lua inicia oposição ao Sol. A cheia da lua chega amanhã às 21h54. Lilith em Câncer quadra Marte em Libra e Nodo Norte em Escorpião e faz trígono com Saturno. Júpiter R em Câncer se opõe a Vênus em Capricórnio e faz quadratura em T com Urano em Áries e Plutão em Capricórnio. Netuno em Peixes faz trígono com Nodo Norte em Escorpião. Mercúrio R em Aquário faz trígono com Marte em Libra e já inicia conjunção com o Sol. Sol em Aquário quadra Saturno em Escorpião e faz trígonos com Nodo Norte em Escorpião e Marte em Libra. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua crescente quase cheia é leonina e está em harmonia com Urano em Áries, signo de fogo também, recobrando o nosso ânimo e trazendo à quinta-feira de Júpiter uma aura de realeza. Estaremos mais seguros de nós, com a autoestima beijando as estrelas. Só é preciso cuidar para não dar importância exagerada à própria imagem e ofuscar todo o resto, porque Leão também é a força do ego e está em trígono com Urano lá no signo da individualidade, podendo colocar foco demais no eu. O Sol, dispositor desta lua, está em Aquário, o polo oposto, e de lá nos lembra que ninguém reina sozinho. Para reforçar ainda mais as parcerias, o sol está em harmonia com Marte em Libra, onde dois corações batem juntos. E ainda temos Saturno em exercício de contradição com o sol, querendo saber pra que tanto brilho. Balde de água fria, né? Mas enfim, Saturno é Saturno. É ele que acorda o povo e chama na responsa, insistindo em enfiar a obrigação no meio da diversão. Mas só por hoje, pelo menos, que ninguém é de ferro, bora ser feliz um cadinho. Deixa o sol entrar, sobe no palco da vida e coloca o coração em festa.

Mercúrio voltou para Aquário e está conjunto ao Sol e em harmonia com Marte em Libra, trazendo mais clareza aos nossos pensamentos e ações. Mais um ponto para iluminar o nosso estado de ânimo. E é claro que isso também influi positivamente nos relacionamentos, dissolvendo ilusões e humanizando mais a noção que fazemos do outro. Um pouco mais de verdade pra todo mundo.

As cartas nos trazem a Cigana (Vênus) em destaque, influenciada pelas Nuvens (Netuno) e pelo Sol (Leão). A princípio estranhei a presença da cigana. A carta das nuvens seguida pela carta do sol traduz com perfeição a travessia de Mercúrio para Aquário, libertando-se das brumas de Netuno e vibrando a clareza do sol. Mas e a cigana? O que ela veio fazer aqui no papel principal? Oras, faz todo o sentido também. Ela é Vênus, regente de Libra, signo que hospeda Marte, o guerreiro que comemora com belo trígono o retorno de Mercúrio. Afinal, Marte em Libra não está no melhor dos mundos, tendo que ponderar tudo para não desequilibrar o balanço da gangorra... imagina com a cabeça nas nuvens? O risco de alguém cair do balanço e acabar com a brincadeira era imenso.

Hoje vamos de Tribalistas, com É Você.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário