Google+ Followers

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

carinhoso


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Júpiter, na 2ª hora de Vênus: O Coração (Príncipe de Copas)... de novo! + as cartas de corte: O Cavaleiro (9 de Copas) e O Sol (Ás de Ouros). A carta do coração, novamente em destaque hoje, rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. Marte, o guerreiro planeta da ação transita atualmente neste território, o signo de Libra. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel. A carta do sol rege o signo de Leão, onde temos a lua cheia, e nos traz caminhos abertos e abençoados, iluminação, prosperidade, vigor, clareza, sabedoria e cura. O Sol carrega a abençoada proteção de Oxalá.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Leão em trígono com Urano em Áries e ativando duas quadraturas em T que também envolvem o Nodo Norte em Escorpião, uma delas com o Sol em Capricórnio e outra com Mercúrio em Aquário. Lilith em Câncer faz trígono com Saturno em Escorpião e se opõe ao Sol em Capricórnio. Júpiter retrógrado em Câncer faz duas quadraturas em T, uma com Plutão em Capricórnio e Urano em Áries e outra com Vênus retrógrado em Capricórnio e Marte em Libra. Urano em Áries faz sextil com Mercúrio em Aquário. Netuno em Peixes faz trígono com Nodo Norte em Escorpião. Saturno em Escorpião faz sextis com Sol e Vênus retrógrado capricornianos. Meio do Céu em Áries e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua cheia chega em Leão, o reino do Sol, indisposta com o próprio Rei (Sol em Capricórnio) e com o seu bedel em visita às terras do futuro (Mercúrio em Aquário). A força expandida do elemento fogo ganha Urano como aliado, também em signo de fogo, e clareia a contradição entre desejo (sol) e necessidade (lua), bem como acentua a responsabilidade com a comunicação. Ajustes das tramas do destino, aí representado pelo Nodo Norte em Escorpião, envolvido até o pescoço nas duas quadraturas em T ativadas pela lua leonina. Nem tanto ao céu nem tanto à terra, senhores. Há uma forte tendência aos exageros por parte dessa lua cheia de coragem e bravura, mas tem um monte de gente poderosa puxando a cordinha, como a domar o animal feroz que nasce em nós de repente e, ainda muito ligado ao cordão umbilical, se acha detentor absoluto de todos os direitos. Opa, e cadê o outro nesta equação? Pois é, pra completar o drama, masculino e feminino também se estranham, com Marte e Vênus em exercício de contradição sob a liderança de Júpiter, uma carga a mais na tendência ao exagero. O céu está por uma faísca. Que tal aproveitar o lado positivo desta tendência explosiva e embarcar na onda criativa que ela oferece? Pinte, borde, ame, dance, cante, gargalhe, brinque, crie, recrie, vista fantasias, faça sexo, transborde em alegria. Se não puder viver nada disso agora, vista sua melhor personagem e ensaie a cena pretendida no seu palco particular, com graça, sem drama. Cocrie o seu destino. Convença a si mesmo primeiro. Construa os pensamentos e sentimentos que quer que façam parte do seu amanhã. A coragem é um atributo do signo de leão, reino atual desta primeira lua cheia do ano, e coragem vem do latim cuor agire, agir com o coração. Aproveite que Mercúrio está no mesmo eixo da lua, no polo oposto e complementar (Aquário), e acrescente aí o pensamento também. Pronto, chegamos à receita ideal para a perfeita cocriação: atitude! Agir com o coração envolvido e acreditando de verdade que já vive a realidade tão sonhada. Daí para a concretização é um pulo. E assim se faz magia.

As cartas nos trazem mais uma vez o Coração em destaque, com influência do Cavaleiro e do Sol. O nobre mensageiro nos entrega energia vital para reabastecer todo o potencial de amor e coragem que o coração é capaz de conter. Aproveitemos!

Já que o coração insiste, persiste e resiste, hoje vamos de Pixinguinha, com seu divino clássico, pela igualmente divina interpretação de Elis Regina: Carinhoso.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário