Google+ Followers

segunda-feira, 19 de maio de 2014

o trem azul


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia da Lua, na 2ª hora de Marte: O Coração (Príncipe de Copas) + as cartas de corte: A Cartinha (7 de Espadas) e O Cigano (Ás de Copas). A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. Marte, o guerreiro planeta da ação transita atualmente neste território, o signo de Libra. O Nodo Norte também. A carta da cartinha rege a casa III da mandala astrológica, lugar de regência de Mercúrio, o planeta das comunicações e das trocas, e nos fala sobre convites, notícias, mensagens, avisos, sonhos. A carta do cigano é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, bem como o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. Também temos aí a nossa maneira de agir representada, já que a regência da carta é de Marte.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a lua cheia em Aquário oposta a Lilith em Leão e em trígonos com Sol em Touro e Marte R em Libra. às 20h06 a lua desfaz o trígono som o Sol. Às 22h48 a lua inicia sextil com Urano. Plutão R em Capricórnio quadra Marte R em Libra e faz quadratura em T com Urano em Áries e Júpiter em Câncer. Saturno R em Escorpião faz trígono com Júpiter em Câncer. Nodo Norte em Libra está sem aspectos. Marte R em Libra faz sextil com Lilith em Leão. Às 22h32 Marte retoma o movimento direto. Júpiter em Câncer qaudra Vênus em Áries. Mercúrio em Gêmeos faz sextil com Vênus em Áries. Netuno em Peixes está sem aspectos. Meio do Céu em Câncer e Ascendente em Escorpião na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua cheia em Aquário faz exercício de oposição com Lilith e se harmoniza com Sol e Marte e mais tarde também com Urano. Marte retoma o movimento direto hoje à noite, às 22h32, em harmonia com a lua e Lilith e em exercício de contradição com Plutão, enquanto seu dispositor, Vênus, ainda em conjunção com Urano, se indispõe com Júpiter e se harmoniza com Mercúrio.

Finalmente, depois de quase três meses em marcha à ré, Marte volta a andar para frente hoje, sob as bênçãos da Lua aquariana, signo de ar também, devolvendo fluência às nossas ações. Estando em Libra, signo que trata dos assuntos compartilhados nos quesitos amor e parcerias, vamos sentir a roda voltar a girar, com oportunidade de colocar em prática o que esteve represado ou embaraçado durante o tempo de revisão do guerreiro. Agora vai! A vontade de realizar volta a reinar, embora Marte ainda esteja na gangorra, lugar onde perde um tanto o rumo, dividido entre dois caminhos. Mas ainda assim o alívio será sentido, desatados os nós que impediam o movimento, a expansão. Quem manda neste Marte libriano é Vênus, que ainda está de mãos dadas com o irreverente Urano e aliada a Mercúrio, o dono da prosa. Esta configuração facilita a comunicação de mudanças súbitas e até de atitudes inesperadas no sentido de repaginar tudo. Quem não está satisfeito com o que vive na intimidade ou em sociedades de negócios, tem agora a cena perfeita para rearranjar ou mudar tudo de vez, comunicando a quem de direito a vontade do coração, reinventando arranjos que injetem vida nas relações ou encerrando de vez capítulos mal escritos e se colocando à disposição do universo para outras histórias.

No mais, a lua em Aquário dá suporte emocional às nossas ações, reforçando também o lado racional para que o agir e o pensar vibrem em harmonia e, principalmente, respeitem a liberdade de ser em cada um. Mais tarde, aliada também ao seu regente, Urano, a irreverência e o chamado da liberdade ficam ainda mais evidenciados. Novos ventos sopram com força, cantam nos nossos ouvidos e chamam a nossa atenção para a oportunidade de pegar carona com eles.

A configuração astral combina por demais com Guimarães Rosa, em uma de suas (todas) brilhantes passagens:

"O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem."

As cartas, deliciosamente sintonizadas com o céu, nos trazem o Coração em destaque, influenciado pelo Cigano (Marte) e pela Cartinha. Voltamos a ouvir o chamado do coração, com menos ruídos e com mais certeza daquilo que de fato move a nossa vontade.

Hoje vamos de Milton Nascimento e Lô Borges, com O Trem Azul.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

2 comentários: