Google+ Followers

sexta-feira, 2 de maio de 2014

noites cariocas


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Vênus, na 2ª hora de Vênus: A Chave (8 de Ouros) + as cartas de corte: O Coração (Príncipe de Copas) e O Chicote (Príncipe de Paus). A carta da chave é regida pelo Sol e nos diz que temos a solução, a senha para abrir os caminhos está em nossas mãos. Ela nos traz ainda esclarecimentos, revelações. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. Marte, o guerreiro planeta da ação transita atualmente neste território, o signo de Libra. O Nodo Norte também. A carta do chicote é regida por Lilith (a Lua negra), que transita atualmente pelo signo de Leão, e representa força, poder, comando, magia, sedução, rapidez nos acontecimentos, e também discórdia e autopunição, sempre dependendo das cartas que a rodeiam.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a lua nova em Gêmeos fora de curso desde às 20h33 de ontem e até às 03h14 de amanhã, quando entra em Câncer. Mercúrio em Touro se opõe a Saturno R em Escorpião e faz sextil com Júpiter em Câncer. Sol em Touro se opõe a Saturno R em Escorpião, quadra Lilith em Leão, faz sextis com Júpiter em Câncer e com Netuno em Peixes e faz trígono com Plutão R em Capricórnio. Urano em Áries está na grande cruz cardinal com Júpiter em Câncer, Marte R em Libra e Plutão R em Capricórnio. Vênus percorre os últimos graus de Peixes, sem aspectos. Às 22h22 Vênus ingressa em Áries. Saturno R em Escorpião faz trígono com Júpiter em Câncer. Marte R em Libra faz sextil com Lilith em Leão. Meio do Céu em Gêmeos e Ascen dente em Leão na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua nova em Gêmeos está fora de curso o dia inteiro, nos deixando bem dispersos com relação às coisas que requerem foco, presença, atenção. O pensamento voa longe, nas asas das borboletas.

A grande novidade de hoje é a mudança de endereço do planeta do amor e dos valores, que ingressa no primeiro signo de fogo esta noite, às 22h22. Vênus em Áries, a dama de vermelho, é passional, intensa, apaixonada, ardente. Come e dorme a ideia fixa no objeto de amor. Sofre, se consome inteira enquanto não consegue o que quer. Quando consegue, entretanto, queima tudo de uma vez, fogo de palha. Inquieta, exigente, quer o amor em labaredas. Difícil sossegar. Arde intensamente, mas costuma perder depressa o interesse quando não for mais novidade. Apaga-se até que surja outro alvo para consumir. É Vênus menina, encanta-se e desencanta-se com a mesma rapidez. Destrói corações. Promete amor eterno e chega mesmo a acreditar na promessa feita, mas devora apaixonadamente o outro e depois perde a chama. Alimenta-se do entusiasmo dos inícios. Sua essência é afoita, quer devorar o mundo. É fogo primitivo, não tem maldade, não calcula, é espontânea, atende ao chamado do instinto, arde apressada.

Claro que há casos e casos para interpretar esta Vênus, a depender do signo solar de quem a possui, da casa da mandala astrológica que a Vênus mora e dos aspectos que faz. Mas no geral estas são as características da Vênus em Áries.

Estaremos todos sob a energia desta Vênus a partir da noite de hoje, sexta-feira, dia dela. Vênus não rege só o amor, mas também as finanças, os valores. Portanto é bom manter os olhos bem abertos para negócios que prometam ganhos rápidos e extraordinários. É bom também cuidar para não devorar os recursos mais depressa do que a capacidade de obtê-los. E, é claro, é muito bom observar com reserva promessas súbitas de amor eterno. Se for encarar, aproveite o fogo enquanto arde, seja tão intenso quanto. Vale lembrar da máxima de Vinícius de Moraes, tudo a ver com a Vênus ariana: "Que seja eterno enquanto dure".

Para quem já tem alguém especial para compartilhar intimidades, "bota castanha de caju, um bocadinho mais, pimenta malagueta um bocadinho mais". Hora de reacender o fogo da paixão.

As cartas nos trazem a Chave em destaque, influenciada pelo Coração e pelo Chicote. Está aberta a temporada de amor intenso e rápido como um rastilho de pólvora.

Hoje vamos de Jacob do Bandolim, na aveludada voz de Gal Costa: Noites Cariocas.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

Um comentário: