Google+ Followers

domingo, 22 de dezembro de 2013

você vai me seguir


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Mercúrio: A Torre (6 de Espadas) + as cartas de corte: O Cavaleiro (9 de Copas) e A Lua (8 de Copas). A carta da torre é regida por Saturno, pai e senhor do signo de Capricórnio, e representa o nosso interior, nosso mundo interno, propósitos e ideais da alma, bem como uma postura mais reservada. É uma carta de muita proteção espiritual, ela faz a ponte entre o que está em cima e o que está embaixo. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel. A carta da lua rege o signo de Câncer, onde temos Júpiter retrógrado e Lilith em trânsito, e nos fala de honrarias por merecimento, envolvimento emocional na questão, intuição, mistérios e sombras também.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Virgem oposta a Netuno em Peixes e em trígonos com Sol em Capricórnio e Mercúrio nos últimos graus de Sagitário, conjuntos. Júpiter retrógrado em Câncer se opõe a Plutão em Capricórnio e faz trígono com Saturno em Escorpião. Lilith canceriana também faz trígono com Saturno escorpiano. Urano em Áries se envolve em duas quadraturas em T: uma com Marte em Libra e com Plutão em Capricórnio, outra com Marte em Libra e com Sol em Capricórnio. Netuno em Peixes faz bisextil com Sol em Capricórnio e Nodo Norte em Escorpião. Vênus retrógrada em Capricórnio está sem aspectos. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Ok, apertem os cintos que é hora do mergulho. A lua cheia alcança Virgem e faz exercício de oposição com Netuno em seu reino, Peixes. Ela faz ainda bons aspectos com Sol e Mercúrio conjuntos, o primeiro também em signo de terra, o segundo ainda em signo de fogo e quase cruzando a fronteira para as terras altas de Capricórnio. A lua virginiana é expert em faxinas e organização. Em contradição com o Deus dos mares e das marés, nos convida a promover a limpeza na nossa caverna escura e desarrumada. Coisinhas que preferimos jogar por lá para enfrentar depois, mais tarde, tal qual roupas jogadas que vão se acumulando no quarto quando a vida lá fora é mais urgente e não queremos perder tempo. Pois é, então chegou a hora de recolher uma por uma, dobrar, alisar, pendurar, guardar. Jogar fora o que não serve mais é uma excelente ideia também. Falo de sentimentos, viu gente? As roupas foram apenas uma metáfora. Mas elas também se inserem na organização, as coisas físicas que não têm mais serventia podem bem servir e alegrar outras pessoas. O desapego é um excelente companheiro no momento. Mas voltando às sombras ou às nuvens que nos habitam, pesadas e tempestuosas ou rosadas como algodão-doce, mágoa ou ilusão, o que importa agora é a revisão. E Vênus já começou a selecionar desde ontem por onde vai traçar seu caminho de busca do que ficou para trás, para ser acolhido ou dispensado. Vamos lá! O ano velho está quase acabando. Um ano novinho em folha nos aguarda logo ali na frente. Que tal arrumar a casa para recebê-lo? A dica preciosa é aceitar o convite e encarar os espelhos que nos despem. Somos todos peixinhos navegados pelo mar, essa entidade que nos atravessa, norteia, desnorteia, governa, engana, acaricia, embala, embriaga, ensina. Quer aprender a manejar esse leme? Confie. Antes a viagem passa por dentro, é Jonas dentro da barriga da baleia (profecia judaico-cristã). Somos nós engolidos por nós mesmos e perdidos na imensidão desconhecida. Ignorantes de nós mesmos, como podemos saber o rumo, a direção? A intuição está poderosamente favorecida. Que possamos alcançar a iluminação necessária nessa busca, para resgatar de lá o maior tesouro: um novo ser, coroado com a consciência de si.

As cartas nos trazem a Torre (Saturno) em destaque, influenciada pelo Cavaleiro (Mercúrio) e pela Lua (Câncer/1º signo de água/o princípio das emoções). O racional e o emocional pedem reajustes e as entranhas da torre (Saturno em Escorpião) nos aguardam. É o nobre cavaleiro nos entregando o convite para visitar o escuro de nós mesmos. Intuição ativar! Vá com fé, até o fundo. É de lá que a base para o impulso pode ser acionada. Depois do mergulho, a ascensão.

Hoje vamos de Chico Buarque, com Você Vai Me Seguir.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário