Google+ Followers

domingo, 8 de dezembro de 2013

maré cheia ê mar marejou


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Vênus: A Chave (8 de Ouros) + as cartas de corte: A Chave (de novo!) e As Estrelas (6 de Copas). A carta da chave, de volta hoje por aqui e em dose dupla, é regida pelo Sol e representa soluções, o poder de abrir caminhos em nossas mãos. A carta das estrelas rege o signo de Aquário e representa sorte, recompensa, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua nova em Peixes conjunta a Netuno, quadrada a Mercúrio em Sagitário e em bisextil com Plutão em Capricórnio e Nodo Norte em Escorpião. Urano retrógrado em Áries quadra Plutão em Capricórnio e faz trígono com Mercúrio em Sagitário. Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer fazem trígono com Saturno em Escorpião. Marte em Libra faz trígono com Vênus em Capricórnio. O Sol em Sagitário está sem aspectos. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua pisciana abraça Netuno e a dupla faz belos aspectos com Plutão e Nodo Norte, mas quadra Mercúrio. Domingo de sonho e intuição afloradíssima, mas as conversações tendem ao embaçamento, aquele risco de falar uma coisa e a pessoa entender outra completamente diferente, sabe? Faça as suas conexões com o alto, reforce seus pedidos, seus sonhos. O dia pede fé e alinhamento com o seu norte pessoal. Emoções intensas que se aprofundam ainda mais amanhã, com a presença do trígono de água no céu para coroar o início da fase crescente, dando uma força a mais no cultivo do que queremos ver crescer, especialmente na área dos sentimentos. O dia de hoje é mais contemplativo, voltado ao lúdico, dia e noite que propiciam a leitura de um bom livro ou assistir a filmes e a peças de teatro, ouvir música, dançar, ou ainda se entregar aos braços de Morfeu e deixar que os sonhos te embalem. É bom levar papel e caneta para a mesinha de cabeceira para anotar o que vier e juntar as mensagens para decifrar depois e separar o que é válido do que é apenas garimpo no mar das ilusões. O entendimento virá.

Hoje também é dia de saudar a Rainha das florestas, Oxum, Nossa Senhora da Conceição no sincretismo. Orixá do amor e da beleza, ligada às águas, ao mundo das emoções. E, encantadoramente, temos no dia dela a lua no último signo das águas e abraçada ao seu regente, onde Vênus tem a sua exaltação e o amor vira incondicional. Um chamado aos corações para atitudes mais compassivas, que estejam mais interessadas em amar sem esperar o troco. O mundo precisa mais disso, com toda a certeza. Muito mais!

As cartas nos trazem a dobradinha da Chave com as Estrelas por recheio. Muito interessante, porque se atentarmos para a conexão que a carta das Estrelas faz com o seis de Copas do Tarot, temos aí exatamente o resgate da inocência da criança em nós, da sua atitude de amor desinteressado e espontâneo e especialmente da sua crença de que tudo vai funcionar da melhor forma. E ainda vem com duas chaves por companhia, nos dando uma chance a mais de cocriar soluções para chegar mais perto das realizações que tanto queremos. É também o que as Estrelas nos dizem, para confiar no firmamento e fazer acontecer. Um belo presente em dia de mamãe Oxum. O meu presente foi toda uma noite de trabalho espiritual dedicado a ela, com direito à prazerosa confraternização em volta da fogueira ao término do ritual. Me sinto plena. Gratidão imensa!

E é claro que é pra ela a canção de hoje. A versão de Zeca Baleiro para esse belíssimo canto popular, Mamãe Oxum.

Ora iê iê!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário