Google+ Followers

terça-feira, 21 de maio de 2013

tinha uma pedra no meio do caminho*



Boa tarde!

Cartas de hoje, dia de Marte, na 2ª hora da Lua: Os Caminhos (Rainha de Ouros) + as cartas de corte: O Cavaleiro (9 de Copas) e a Montanha (8 de Paus). A carta dos Caminhos rege o signo de Libra, onde a lua crescente continua sua jornada. Este arcano diz respeito ao nosso livre-arbítrio, ao caminho que percorremos e às escolhas. A carta do Cavaleiro veio nos visitar ontem, gostou e voltou hoje. Esta, já sabemos, é regida por Mercúrio, o deus das trocas, e nos fala sobre ação, presteza, dinamismo, conquistas. O Cavaleiro tem a proteção dos Exus e também de São Miguel Arcanjo, o amado guerreiro protetor deste espaço. A carta da Montanha rege o signo de Capricórnio, e retrata uma certa dificuldade na concretização das ações. Ela nos diz que o caminho tem obstáculos que, na verdade, estão ali para nos testar. Porque existe um segredo para chegar ao topo: foco. Este é o lema dos capricas.

No céu do dia, a lua cresce em Libra, 2ª morada de Vênus. Faz trígonos com Júpiter e com Mercúrio e quadra Plutão retrógrado em Capricórnio. Lua e Plutão em quadratura nos trazem uma atmosfera de emoções intensas que nem sempre correspondem à realidade. Afloram os comportamentos obsessivos, ciumentos, desconfiados. Taí a nossa montanha do dia, que rege justamente o signo onde está Plutão.

Mas a solução para vencer a montanha também está disponível nas cartas e no céu de hoje. O Cavaleiro nos impele a eliminar rapidamente os transtornos, através do otimismo, dos bons pensamentos e até das boas conversações, com a força dos trígonos que a lua faz com Júpiter (o grande benéfico) e com Mercúrio (o comunicador). Levando em conta ainda que a lua está em Libra, propiciando as conciliações.

Então é isso, queridos. Para tirar de letra as dificuldades do caminho, sejam elas físicas ou emocionais, mude a vibração e reoriente o foco. Assim você se agiganta, reconhece o próprio poder e consegue vencer os desafios... amorosamente. A carta da montanha é difícil e exige persistência, mas é coroada lá no alto. Ela carrega a proteção do orixá Xangô, e Xangô é Rei. Por isso, embora a carta principal de hoje seja Os Caminhos, escolhi a imagem da carta da montanha para ilustrar a postagem. Caô Cabecilê!

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand
(*) O título é frase do poeta Carlos Drummond de Andrade

Um comentário:

  1. Preciso inclusive comentar... a montanha saiu na tiragem e bagunçou com o meu coreto... ela trouxe dificuldades pra eu postar o texto. Dei um comando "não-sei-o-que-fiz" aqui no teclado e desconfigurei tudo, além de mandar o texto pro espaço sideral. Mas como uma boa caprica, fiz tudo outra vez... ufa!

    ResponderExcluir