Google+ Followers

terça-feira, 22 de abril de 2014

for once in my life


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Marte, na 2ª hora de Vênus: As Estrelas (6 de Copas) + as cartas de corte: O Buquê (Rainha de Espadas) e Os Lírios (Rei de Espadas). Uau, que espetáculo de cartas! A carta das estrelas rege o signo de Aquário, exatamente onde temos a Lua em trânsito, e representa sorte, recompensa, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda. A carta do buquê é regida por Júpiter, o grande benéfico do astral, e representa sorte, felicidade, mimos, gentileza, belas surpresas e realizações, além da proteção da sábia orixá Nanã Buruquê. A carta dos Lírios, de novo hoje por aqui, é regida pela Lua e nos fala de paz, serenidade, bem-estar, amorosidade, além de carregar a proteção da orixá Oxum.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a lua minguante em Aquário ativando quadratura em T com Sol em Touro e Lilith em Leão, em sextil com seu dispositor, Urano, em Áries, e em trígono com Marte R em Libra. O dia termina com a lua liberada da quadratura em T, mantendo apenas relações amistosas com Urano e Marte R. Plutão R em Capricórnio está na grande cruz cardinal, hoje exata em graus (todos os planetas envolvidos no grau 13), com Urano em Áries, Júpiter em Câncer e Marte R em Libra, e faz sextil com Vênus em Peixes até às 18h25. Saturno R em Escorpião faz trígono com Vênus em Peixes. Nodo Norte em Libra se opõe ao Sol em Touro e a Mercúrio em Áries. Júpiter em Câncer faz trígono com Vênus em Peixes. Sol em Touro faz sextil com Netuno em Peixes. Meio do Céu em Gêmeos e Ascendente em Virgem na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua é minguante em Aquário, indisposta com Sol e Lilith e em harmonia com Marte R e com seu regente, Urano. Antes do fim do dia ela se livra das indisposições, mantendo apenas os aspectos harmônicos.

E a grande cruz cardinal já está exata em graus, com todos os planetas envolvidos no grau 13. Chegamos ao ponto máximo do conflito de titãs, com Marte no comando da execução. A tarefa pedida é abrir mão de alguma coisa que já não funciona mais, aceitando a mudança necessária para que a vida volte a fluir plenamente. Difícil, né? Quase ninguém gosta de mudar mesmo, porque não se conhece o que ainda não é. O desconhecido é a origem do medo, no entanto a maioria de nós se esquece que o novo pode ser muito melhor do que o que vivemos agora. O universo é muito sábio e tem um plano para cada um de nós. Só temos que confiar e deixar acontecer, sem tentar controlar o tempo. Viver o agora com vontade e gratidão, mesmo que ainda não seja o ideal, já está de bom tamanho para atrair as necessárias transformações que nos colocarão no lugar reservado, destino. Amo muito uma frase que diz "o que tem que ser tem muita força", e hoje o acaso (que não tem nada de acaso) desfilou novamente esta pérola diante dos meus olhos. Então, minha gente, é isso. O que temos que fazer é desviar o nosso caminho daquilo que não está dando certo e colocar o sangue nas outras partes da vida que aguardam por nós. Feche a porta que insiste em trazer sofrimento ao coração, cansaço mental ou desânimo. Tranque a sete chaves e vá ver o que que a vida tem para te oferecer, abra aquela janela da alma que você tem mantido fechada, contemple outras paisagens. Qualquer fonte que dê sinais de esgotamento, recusando todos os cuidados dispensados à ela, deve agora ser deixada de lado, de verdade. Talvez não seja mesmo um bom canal para que as energias fluam, talvez já tenha dado tudo o que tinha que dar, talvez ainda não seja a hora... quem sabe um dia, quem sabe numa outra hora, quem sabe numa outra vida? O mais importante agora (e sempre) é cuidar de si e de quem quer estar em sua companhia. O mais importante agora é ouvir e obedecer o chamado da vida que pulsa, onde ela pulsa.

Para combinar com perfeição com a pressão por mudanças na exatidão da cruz, a lua está no signo da liberdade, Aquário. E ela está em harmonia com o cara que faz acontecer, Marte, e reforçada em seus ideais pelo seu próprio dispositor, Urano. Sua indisposição com o Sol em Touro espelha a nossa dificuldade em ajustar as emoções ao mundo concreto, vida vivida. Sua indisposição com Lilith em Leão nos chama a atenção para respeitar a justa medida, em nós e nos outros, autoestima. Antes do dia acabar ela estará liberada dos exercícios de contradição, tomara que até lá nós também estejamos pelo menos mais conscientes das nossas próprias contradições, sabotadores alimentados por nós mesmos que nos impedem fluir pela vida como deve ser. Antes de dormir, fique atento à intuição, a lua é minguante e o poder de dentro fica ainda mais forte. Com Urano como aliado, dispositor da lua aquariana, toda a melodia interna se afina. Componha o seu tema.

Terças-feiras são de Marte, e é dele que vem o impulso para que ativemos as transformações sugeridas pela cruz celeste. Ogum (São Jorge) carrega a energia de Marte consigo, os Exus também, São Miguel Arcanjo também. São todos guerreiros de mesma frequência vibratória, bem perto da nossa. E amanhã esta energia também será pulsante, dia do ano em que se festeja a entidade, 23 de abril, dia de Jorge. Já dissemos ontem que o mapa da cruz tem embutida a solução do enigma, da pressão. Todos os planetas (e não só os que estão diretamente envolvidos na tensão) apontam a saída lá no portal de Netuno, em Peixes. Vence a batalha sobre si mesmo o guerreiro que estiver na vibração do amor... incondicional. O céu não é lindo demais?

As cartas nos trazem nada menos que as Estrelas (Aquário/6 de Copas) em destaque, influenciada pelo Buquê (Júpiter/Rainha de Espadas) e pelos Lírios (Lua/Rei de Espadas). Que a energia dos opostos, feminino e masculino dentro e fora de nós, se entregue ao duelo mais apreciado, gostoso e divino que há. Façamos amor!

Para celebrar esta divina vibração de amor, que deve ser especialmente despertada de nós para nós mesmos, hoje vamos de Stevie Wonder, com For Once In My Life.

Aproveitem a música, dancem, cantem, borrifem entusiasmo sobre si mesmos, encham o ambiente de luz. Convoquem a alegria, ela vem!

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand



2 comentários: