Google+ Followers

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

um brinde!


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Vênus, na 2ª hora da Lua: O Jardim (8 de Espadas) + as cartas de corte: O Coração (Príncipe de Copas) e O Anel (Ás de Paus). A carta do jardim rege a casa X da mandala astrológica, nós diante do mundo, nossa meta de realização pessoal, nosso reconhecimento, e diz respeito aos ambientes que frequentamos e como somos influenciados por eles bem como os influenciamos. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias e onde temos Vênus em trânsito e agora também a Lua, nos primeiros graus. O Coração representa amor e paixão. A carta do anel rege o signo de Touro, 1º domicílio de Vênus, e representa as nossas parcerias amorosas e sociedades.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua nova nos primeiros graus de Libra e conjunta a Mercúrio em Virgem, ambos desligados do resto do céu (sem aspectos). No comecinho da noite, a Lua começa um sextil com Marte em Leão e, mais tarde, por volta das 21h00, ela quadra Plutão, dando início à formação de uma nova grande cruz cardinal, que se fecha ainda hoje, por volta das 23h00. Vênus em Libra também está solta (sem aspectos). Marte em Leão quadra Saturno em Escorpião. Quadratura em T com Urano retrógrado em Áries, Júpiter e Lilith em Câncer e Plutão retrógrado em Capricórnio. Saturno e Nodo Norte conjuntos em Escorpião aplicam trígonos a Júpiter e Lilith em Câncer e a Netuno retrógrado em Peixes. Temos também dois bisextis envolvendo Júpiter e Lilith cancerianos, Sol em Virgem, Saturno e Nodo Norte escorpianos e Plutão retrógrado em Capricórnio. Meio do Céu em Escorpião e Ascendente em Aquário na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Com a entrada da lua em Libra, ficamos naturalmente mais voltados para os relacionamentos, todos eles, especialmente a convivência social. Nada mal para uma noite de sexta-feira, dia de Vênus, e com a própria Vênus perfumando os ares librianos. Mas nem tudo são flores no astral. Marte e Saturno em cabo de guerra já seriam suficientes para salpicar um tanto bom de faíscas no ar. Mas ainda temos a grande cruz cardinal se formando mais uma vez, confrontando a equação individual x coletivo + família x o mundo lá fora. Mais uma vez o pedido para desviar o foco do próprio umbigo ou apenas das pessoas que amamos para as nossas relações num âmbito maior. Da esfera particular e íntima para a outra, ampliada, de quem somos nós no mundo em que vivemos, como trocamos com as pessoas, o que damos e recebemos. Do micro para o macro. É nesse exercício que aprendemos afinal. Uns e outros, todos em um. Assim vamos despertando a necessária, embora infelizmente ainda rara, percepção da esfera circular em que vivemos, objetivamente e subjetivamente. Nosso grande lar é redondo, nosso tempo aqui também é. Basta atentar para o fato de que a vida sempre nos traz de volta situações e pessoas semelhantes, até que possamos compreender e curar ou vencer padrões, para então iniciar um novo ciclo. Atraímos o que vibramos, guardando em nós o poder para transformar a própria vida portanto. Parece difícil? Não é. Se plantarmos um limoeiro, ele nos dará limões. Não adianta esperar por jabuticabas... plantemos uma jabuticabeira da próxima vez. É tão simples que até parece brincadeira. E é; brincadeira séria. Vida boa tem receita simples. E, qualquer que seja a intenção, há um ingrediente básico em todas elas que acrescenta luxo ao produto final: Amor!

Por aqui é dia de festa, festa de 6 anos de vida do querido Página Cultural, alimentado todos os dias com muito amor por nós, os sócios que a ele deram vida, pelos nossos colaboradores e por todos que o acessam em busca de enriquecer suas vidas com a arte em todas as suas expressões.

Me espanta a coerência das cartas... quanta beleza! O amor entusiasmado (O Coração) e fiel (O Anel) desse projeto compromissado com o bem maior (O Jardim). Que esse jardim floresça cada vez mais!

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lemormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário