Google+ Followers

domingo, 15 de setembro de 2013

meu coração caminha com você


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Mercúrio: As Estrelas (6 de Copas) + as cartas de corte: O Coração (Príncipe de Copas) e As Estrelas (de novo!). A carta das estrelas rege o signo de Aquário e representa sorte, recompensa, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias e onde temos Mercúrio em trânsito. O Coração representa amor e paixão.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Aquário quadrada ao trio Vênus, Saturno e Nodo Norte conjuntos em Escorpião e em trígono com Mercúrio em Libra. Além de quadrar a lua, o trio escorpiano quadra Marte em Leão, faz sextil com Plutão retrógrado em Capricórnio e aplica trígonos a Lilith em Câncer e a Netuno retrógrado em Peixes. A grande cruz cardinal prossegue, com Urano retrógrado em Áries, Júpiter e Lilith em Câncer, Mercúrio em Libra e Plutão retrógrado em Capricórnio. Sol em Virgem está solto no céu (sem aspectos). Marte em Leão faz sextil com Mercúrio e trígono com Urano. Meio do Céu em Escorpião e Ascendente em Aquário na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua em Aquário, signo de ar, chega para suavizar um pouco o cenário, embora a quadratura com o trio Vênus, Saturno e Nodo Norte conjuntos em Escorpião possa ainda nos influenciar com uma certa frieza e egoísmo, que nada mais são do que dificuldade em expressar sentimentos, justamente por uma sensação de baixa autoestima. Por outro lado, a lua se liga em bom aspecto a Mercúrio, facilitando o diálogo que pode harmonizar as sombras, na maioria das vezes criadas pela própria mente que, na vibração do pessimismo e da escassez, insiste em alimentar o predador, fortalecendo-o. Então que tal fluir na conversação em vez de engordar o monstrinho interno? Já notaram a imensa quantidade de apelos que nos impedem a simples troca de olhares? Que dirá conversas. Quantos convivem sob o mesmo teto sem saber o que se passa na cabeça do outro? Já não bastassem as obrigações diárias que cada um tem que cumprir, a televisão e a internet tratam de devorar o tempo que sobra e que deveria ser aproveitado para estreitar os laços com quem é de fato importante. Quem não se comunica perde em intimidade, afastando-se mais e mais até perder de vez o interesse. Já viram casais que saem para jantar e limitam-se a comer sem trocar olhares e palavras? Ou o que é pior, trocam opiniões sobre a vida dos outros em vez de desfrutar da gostosura da pessoa que está bem ali? Pois é, triste cenário. Relações esvaziadas que são mantidas sabe-se lá porquê. Que a gente possa abrir o coração para não deixar que as coisas cheguem a esse ponto de difícil retorno. Que sejamos emocionalmente inteligentes para fazer de nossos parceiros muito mais do que um status, um companheiro no real sentido da palavra, alguém que enfrente os desafios junto e ainda assim seja mantida a admiração. Alguém com quem tenhamos intimidade verdadeira, cúmplice, na cama, na mesa, na correria do dia-a-dia ou no meio de uma multidão, de conhecidos ou estranhos... aquele alguém único com quem sabemos que podemos contar e que de olhar nos nossos olhos sabe o que se passa na caixinha secreta dos pensamentos. Que sabe quando estamos gostando ou não. Que torce o canto da boca numa risada contida quando sabe que o outro também tá morrendo de vontade de rir mas não pode. Que enche os olhos de lágrimas quando sente a dor do parceiro. Que só de pegar na mão muitas vezes basta para acalmar o coração. Se não for assim, que graça tem? Se sentir que o ego tá ganhando espaço demais, deixe não. Descomplique enquanto é tempo.

As cartas de hoje são sem dúvida um grande presente a nos dizer que é possível realizar o nosso sonho de amor se acreditarmos nele com o coração envolvido. A fé das estrelas aliada ao amor com paixão (O Coração) há de nos levar exatamente onde o desejo quer chegar. É no foco e na fé que se desfruta da melhor parte dessa aliança entre Vênus e Saturno. Sossegue a mente, porque é com o coração que se resolve as coisas do coração.

E mais uma vez me lembro de Guimarães Rosa, em citação de seu Grande Sertão Veredas: "Nonada. O diabo não há! É o que eu digo, se for... Existe é homem humano."

A canção de hoje é do delicioso Boca Livre: Mistérios.

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

2 comentários:

  1. Esse texto está inspiradíssimo e precisa ser amplamente divulgado em todos os quesitos! Muitos casais se distanciam por culpa dos mesmos, deixando a rotina tomar conta e os problemas da vida fazem encontrar culpados sempre nos outros. Perfeito demais!!!

    O que dizer das cartas? Que o Destino (com D maiúsculo mesmo) é o senhor da razão, do tempo... Ah, mas o coração acaba sendo um fantoche do Destino? Não quando o sentimento é verdadeiro e aceita-se viver amando sempre, não tem a necessidade de ser a mesma pessoa, mas saber amar por amar... Nossa!

    Amei, parabéns! ♥

    ResponderExcluir