Google+ Followers

domingo, 22 de setembro de 2013

gracias a la vida


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Vênus: O Buquê (Rainha de Espadas) + as cartas de corte: O Anel (Ás de Paus) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta do buquê é regida por Júpiter, o grande benéfico do astral, e representa sorte, felicidade, mimos, gentileza, belas surpresas e realizações, além da proteção da sábia orixá Nanã. A carta do anel rege o signo de Touro, 1º domicílio de Vênus e onde temos a Lua em trânsito, e representa as nossas parcerias amorosas e sociedades. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Touro diretamente envolvida em uma das quadraturas em T (aspecto dificultador), com Vênus e Saturno escorpianos e Marte em Leão. Ela também ativa um retângulo místico (aspecto facilitador) com Lilith em Câncer, Vênus em Escorpião e Plutão em Capricórnio. A outra quadratura em T vigente envolve Urano retrógrado em Áries, Lilith em Câncer e Plutão em Capricórnio. Netuno retrógrado em Peixes faz trígono com Nodo Norte em Escorpião. Mercúrio em Libra quadra Júpiter em Câncer e faz sextil com Marte em Leão. O Sol se despede de Virgem, passando ao signo de Libra, 2º reino de Vênus, no fim da tarde (17h45), dando início à primavera. O nosso astro rei está sem aspectos e assim permanece até o começo da tarde de amanhã, quando se liga à lua taurina em aspecto harmônico. Meio do Céu em Libra e Ascendente em Aquário na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Hoje é dia de saudar a nova estação, que chega em pleno domingo, dia de trabalho interior, regido pelo Sol. O nosso astro rei entra em Libra (regência de Vênus) no finalzinho da tarde e abre os portais da primavera com a Lua cheia no signo do prazer sensorial, Touro, terra de Vênus também. A lua prazenteira está oposta à Vênus do céu, que percorre as águas ferventes de Escorpião sob o olhar limitador de Saturno. Esta oposição compõe uma quadratura em T, envolvendo Marte em Leão também e desafiando a atitude acertada nas relações, que conta com a ajuda de Mercúrio libriano, o conciliador. Temos ainda a poderosa formação do retângulo místico, aspecto facilitador que abraça duas oposições, camuflando as dificuldades ou nos ajudando a resolvê-las harmonicamente, depende da vibração escolhida por cada um. O retângulo da harmonia promove a ligação de poderosos (Lua + Lilith, a lua negra + Vênus e Saturno + Plutão), dando acesso ao avesso do avesso de cada um nos relacionamentos. Mais um teste valioso na intimidade. Quem está com ela em dia por certo entrará em contato com o jardim interno do outro. Quem está com o equilíbrio dançado pode querer descontar no parceiro com cobranças descabidas... o que só trará mais distanciamento. Amor não se cobra, né gente? É uma troca sim, mas repare bem se não está satisfeito com o que recebe, porque quase sempre a chave está dentro, na própria forma de amar e se entregar. Não force a barra, cuide de harmonizar-se em primeiro lugar, para que o seu jardim seja um lugar delicioso onde o outro queira morar por prazer e não por obrigação. É com amor que se conquista amor. Quem pensa que brigar deixa tudo mais gostoso depois, provavelmente vive uma relação bastante doentia, com duas pessoas viciadas na dobradinha chantagista de mágoa e prazer, que não tem nenhum parentesco com o amor, mas sim com um ringue onde os egos disputam um troféu que não acrescenta nada ao suposto vencedor, muito menos à relação.

É rico o potencial transformador desse equinócio da primavera. Sintonize-se! Permita que o profundo de si se expresse na vibração do amor oferecido por Vênus, bastante empoderada. Procure alinhar-se com a gentileza que ela propõe e, se por acaso persistir na irritação, pendure-a no varal das horas junto com outras tormentas, deixe secar aos primeiros raios da nova estação. A cura se insinua, apure os sentidos!

As cartas trazem o buquê no papel principal, dando boas-vindas à Primavera com a promessa de satisfação dos desejos nas relações íntimas e parcerias (O Anel), tendo o nobre cavaleiro como mediador.

Para combinar com a energia amorosa dessa primavera especial, deixo pra vocês o hino da gratidão, maravilhosa canção de Violeta Parra aqui interpretada por Mercedes Sosa, Gracias a la Vida.

Linda Primavera!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Imagem: a linda ilustração de hoje é uma obra de arte (para saudar o poder de Vênus), do artista alemão Carl von Bergen. O nome da tela é Girl With A Bouquet Of Flowers.

2 comentários:

  1. Linnnnnnnnnndo!
    Gratidão com um lindo buquê de gérberas coloridas pra ti, flor.
    __/\__

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão, florzinha!
      Beijos e linda primavera pra você.
      _/\_

      Excluir