Google+ Followers

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

E sonhos não envelhecem...


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Júpiter, na 2ª hora da Lua: O Cavaleiro (9 de Copas) + as cartas de corte: As Estrelas (6 de Copas) e A Cegonha (Rainha de Copas). Que cartas lindas, todas do naipe de copas, sentimentos. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, o pequeno-grande-deus das comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel. A carta das estrelas rege o signo de Aquário e representa sorte, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda. A carta da cegonha rege o signo de Áries, exatamente onde temos Urano em trânsito, o planeta irreverente que muda as coisas sem aviso. A Cegonha representa novidades, surpresas, mudanças repentinas e para melhor.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Sagitário quadrada ao Sol em Virgem e cravada no meio do céu no momento em que as cartas saem do baralho. Saturno e Nodo Norte conjuntos em Escorpião quadram Marte em Leão, aplicam sextil a Plutão retrógrado em Capricórnio e trígonos com Netuno retrógrado em Peixes e com Lilith em Câncer. Vênus em Escorpião faz trígono com Netuno. A grande cruz cardinal está novamente formada, com Urano retrógrado em Áries, Lilith em Câncer, Mercúrio em Libra e Plutão retrógrado em Capricórnio. Mercúrio está em sextil com Marte. Sol está em sextil com Júpiter em Câncer. Urano está em trígono com Marte e quadra Júpiter. Meio do Céu em Sagitário e Ascendente em Peixes na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua sagitariana entrou hoje na fase crescente e podemos nos sentir ansiosos, impelidos a expandir nossos ideais, mas ainda sem muita certeza de como fazer para alcançar o que queremos. É que a lua está quadrada ao Sol, causando contradição entre desejo e necessidade. O que é que queremos mesmo? E qual é o melhor caminho para chegar lá? O melhor caminho é confiar que o universo tem um risco traçado para cada um de nós e, já que é por ele que temos que ir, a intuição nos dirá. Só que intuição e ansiedade não combinam, né? Melhor aguardar para não meter os pés pelas mãos e atrasar a concretização do que se pretende. Saturno embaraça Marte, limitando as nossas ações. Talvez porque queira que um percurso consistente lhe seja apresentado antes de dar passagem ao planeta da ação. Mercúrio libriano está envolvido na grande cruz cardinal, novamente estampada no céu, e pondera. É isso mesmo que Saturno escorpiano quer, que se avalie bem antes, para que as ações sejam empreendidas com comprometimento. Marte e Mercúrio estão juntos nessa estratégia. Mas enquanto isso, Urano também se liga a Marte em bom aspecto, o planeta da irreverência sopra seus ventos forçando o cumprimento do destino, alheio à vontade do ser vivente. O que tem que ser tem muita força mesmo. Muitas vezes o que nos resta é abrir os braços para receber as sábias surpresas do universo, que acabam nos colocando de volta na trilha reservada a nós. Portanto, quando de alguma forma nos sentimos bloqueados, talvez seja melhor parar de insistir e confiar que tudo tem um tempo certo para acontecer, que pode ser inclusive daqui a pouquinho. Relaxe! Um fruto cai do pé por si só quando está maduro, pronto para ser degustado. Arrancá-lo antes da hora pode até matar a sua fome, mas o prazer fica de fora. A natureza tem maravilhosas lições disponíveis para quem já aprendeu a observar. Também somos parte dela e se estivermos atentos aos seus ciclos, saberemos respeitar os nossos. Simples assim.

Na linda tiragem de hoje, voltada para o nosso emocional já que as cartas são todas do naipe de copas, o nobre cavaleiro vem cheio de vontade nos contar que podemos renovar (A Cegonha) as nossas esperanças (As Estrelas).

E eu me lembrei de Lô Borges que sempre soube que os sonhos não envelhecem. A canção é Clube da Esquina 2.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

Nenhum comentário:

Postar um comentário