Google+ Followers

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

chega de saudade


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Júpiter, na 2ª hora de Vênus: O Sol (Ás de Ouros) + as cartas de corte: O Cão (10 de Copas) e A Lua (8 de Copas). A carta do sol rege o signo de Leão, onde temos Marte em trânsito, e nos traz caminhos abertos e abençoados, iluminação, prosperidade, vigor, clareza, sabedoria e cura. O Sol carrega a abençoada proteção de Oxalá. A carta do cão rege a casa XI da mandala astrológica, casa do signo de Aquário, regência de Urano e lugar do mapa que fala sobre as nossas amizades e convívio social. O cão representa os nossos amigos e companheiros leais. A carta da lua rege o signo de Câncer, onde temos a própria lua em trânsito desde às quatro e meia da tarde de hoje, e nos fala de honrarias por merecimento, envolvimento emocional na questão, intuição, mistérios.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua em Câncer no final da fase cheia, em trígonos com Mercúrio em Libra e com Netuno retrógrado em Peixes e quadrada ao Sol em Libra, encaminhando-se para ativar novamente a grande cruz cardinal (Áries, Libra, Câncer, Capricórnio), o que acontece logo no começo da madrugada de hoje para amanhã, às cinco para uma da manhã, quando também tem início a fase minguante da lua. Prosseguem as duas quadraturas em T, envolvendo Urano retrógrado em Áries, Lilith em Câncer, Sol em Libra e Plutão em Capricórnio. Elas se encaminham para a grande cruz cardinal, que se fechará com a conjunção de Lua e Lilith. Vênus em Escorpião quadra Marte em Leão e faz trígono com Júpiter em Câncer. Saturno e Nodo Norte conjuntos em Escorpião fazem sextil com Plutão em Capricórnio e trígono com Lilith em Câncer. Meio do Céu em Sagitário e Ascendente em Peixes na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Estamos no finalzinho da fase cheia, já com a vibração da lua minguante batendo à porta. Com a lua em Câncer, queremos colo, carinho, família e pessoas queridas por perto. Já somada à energia da minguante, ainda mais voltados para dentro da toca queremos ficar. Os trígonos que ela faz com Mercúrio e com Netuno retrógrado levam nossos pensamentos e conversas para algum lugar muito gostoso do passado, ativando memórias gostosas de tempos atrás, especialmente as familiares, envolvendo também amigos queridos de infância, primos e todos aqueles que fazem ou fizeram parte do nosso convívio íntimo. É como baú de coisas guardadas que se abre junto e até dos cheiros lembramos a cada foto, bilhete e mimo que aparece, coisas guardadas com carinho exatamente pela importância que têm. Pois é, a coerência é tanta que foi exatamente por aí que o fim da tarde enveredou. Tirei as cartas do Salamalek e comecei a escrever o texto quando a minha filha chegou de repente... aí foi mesa posta com coisas gostosas de comer e de falar e ouvir também, tudo recheado com carinhos e risadas. Delicioso aconchego, amor! Isso é a cara da lua em Câncer. Só agora voltei pra cá, pro texto e pra vocês, com a barriga nutrida e o coração também.

A vibração que chega com essa minguante canceriana é de saudade, ativando até mesmo a tristeza pelas situações e pessoas que não estão mais por perto, que não fazem mais parte do cotidiano. E essas carências por certo nos colocarão de frente com o que deve ter importância real em nós e para nós. Momento de definições sobre companheirismo, sobre quem nos faz bem e queremos por perto. Quem ama cuida, afinal. É possível que isso grite bem alto dentro.

Amanhã é dia de saudar os erês (crianças). Com a lua em Câncer, vamos aproveitar para nutrir a criança que mora dentro também.

As cartas prometem a cura do Sol para quem for suficientemente amigo fiel (O Cão) de si mesmo para acessar e compreender os próprios mistérios (A Lua).

A canção do dia só podia mesmo vir do saudoso Tom Jobim... Chega de Saudade.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand (embora não seja a principal, escolhi a carta do cão para ilustrar o post de hoje, bem voltado ao tema do companheirismo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário