Google+ Followers

sexta-feira, 14 de junho de 2013

fluxo da vida


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Vênus, na 2ª hora de Júpiter: A Âncora (9 de Espadas) + as cartas de corte: Os Lírios (Rei de Espadas) e A Cegonha (Rainha de Copas). A carta da âncora rege a casa VI da mandala astrológica, casa do signo de Virgem, que representa o nosso dia-a-dia. No baralho cigano, a âncora representa segurança. A carta dos lírios é regida pela lua e é um arcano muito positivo, que vibra paz de espírito, leveza e bem-estar, além da proteção da orixá Oxum. A carta da cegonha rege o signo de Áries, onde Urano, o planeta das mudanças faz moradia desde o primeiro semestre de 2010. A Cegonha representa as mudanças e novidades em nossa vida.

No céu do dia, a Lua nova em Virgem está oposta a Netuno retrógrado em Peixes e aplica sextis a Júpiter em Gêmeos, a Lilith em Câncer e a Saturno retrógrado em Escorpião. Mercúrio e Vênus estão em trígono com Nodo Norte em Escorpião. Saturno em trígono com Lilith. Marte geminiano quadra Netuno e aplica sextil a Urano em Áries. O grande quadrado em T segue sustentado por Urano ariano, Vênus canceriana e Plutão retrógrado em Capricórnio. O grande triângulo de água (Lilith, Escorpião e Netuno) ganhou uma extensão, emendando-se com o triângulo menor (Júpiter e Lilith conjuntos, Lua e Saturno) formando o desenho de uma pipa encabeçada pela lua no mapa. Lua no Meio do Céu e Ascendente em Sagitário. Muita gente interconectada, muita água empoderada, muita emoção no ar.

Dizia no texto de ontem aqui no Salamalek Tarot que Urano em Áries quer trazer o novo a qualquer custo e, mesmo que a gente resista, a transformação vai ocorrer. Hoje fui testemunha viva desta mudança na área familiar. E confesso que não foi muito fácil assimilar a notícia, já em caráter de decisão. Mas refletindo melhor sobre a novidade, concordo que é melhor para todos os envolvidos. A lua em Virgem estabeleceu seus critérios e, com tanta força no céu de hoje, já colocou a coisa pronta de uma forma bem prática.

Contei isso pra vocês para mostrar que não adianta querer sustentar o mundo velho nas costas. As transformações chegam porque são necessárias, a vida é um constante movimento e isso é benéfico, ao contrário do blá-blá-blá do nosso predador interno. Como já disse outras vezes por aqui, vamos nos entregar confiantes ao novo que insiste em chegar, porque quando aceitamos amorosamente, Plutão traz o ouro escondido e Saturno cuida de assegurar a nova construção.

As cartas de hoje nos trazem exatamente esse recado: aceite o novo (A Cegonha) com amor e gratidão (Os Lírios). A conquista da segurança (A Âncora) chega por merecimento.

Ora iê iê, mamãe Oxum!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

4 comentários:

  1. Ehhh Belezura!!! que venha o novo! Fácil, não é mesmo, mas também o que não tem mais sentido, vamos combinar? cai, é esquecido, tem menor peso, desbota, enfim, quando a gente menos espera, PUFT! acabou. Isso mesmo, vibrando o novo, com muito carinho. Afinal, recomeçar é sempre muito bom. Obrigada amiga. bjos

    ResponderExcluir
  2. Gratidão, amiga querida.
    Beijos!
    _/\_

    ResponderExcluir
  3. Ahnnn... que delícia! Já te disse antes que a sua forma de analisar e interpretar as cartas com o céu me encanta por demais?
    Beijo grande querida. Gratidão! __/\__

    ResponderExcluir
  4. Ô florzinha, gratidão!
    Beijos
    _/\_

    ResponderExcluir