Google+ Followers

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

maria maria


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia da Lua, na 1ª hora de Mercúrio: A Chave (8 de Ouros) + as cartas de corte: Os Lírios (Rei de Espadas) e O Coração (Príncipe de Copas). A carta da chave é regida pelo Sol e representa soluções, o poder de abrir caminhos em nossas mãos. A carta dos Lírios é regida pela Lua e nos fala de paz, serenidade, bem-estar, amorosidade, além de carregar a proteção da orixá Oxum. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. Marte, o guerreiro planeta da ação transita atualmente neste território, o signo de Libra.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua balsâmica (final da fase minguante) em Sagitário e fora de curso (vazia de aspectos) desde às 09h37 de hoje e até às 16h02 de amanhã, quando ingressa em Capricórnio. Saturno em Escorpião faz trígonos com Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos. Nodo Norte em Escorpião faz sextil com Sol e Mercúrio conjuntos em Capricórnio e trígono com Netuno em Peixes. Marte em Libra participa de duas quadraturas em T: uma com Urano em Áries e Plutão, Sol e Mercúrio conjuntos em Capricórnio, a outra com a mesma turma de planetas em Capricórnio e Júpiter retrógrado em Câncer. Lilith em Câncer opõe-se a Vênus retrógrado em Capricórnio. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua balsâmica sagitariana está fora de curso desde às 09h37 da manhã de hoje e assim permanece até às 16h02 de amanhã, quando ingressa em Capricórnio para morrer e renascer, virar o ano levando embora tudo que não nos serve mais (deixem ir, é libertador!), e na manhã do dia 1º virar folha fresca... lua nova a nos renovar para começar de novo. Antes de ficar vazia, a lua esteve em bons aspectos com Urano e Marte, e é bem provável que a nossa ação esteja impregnada de características revolucionárias até que a lua alcance Capricórnio. A característica é geral, portanto praticamente nos dois dias inteiros que antecedem a virada, estaremos todos meio desgovernados e sem a menor paciência para cumprir regras ou agendas. Estaremos aéreos também, especialmente no que diz respeito à execução de coisas práticas. E, apesar disso parecer mais do que perfeito para o período, quando a maioria de nós quer mais é relaxar e gozar do lúdico que a energia de fim de ano proporciona, além do cansaço físico, mental e emocional da carga dos últimos dias desse ano difícil, é preciso estar atento e forte para não provocar atritos desnecessários e perigosos. O céu está a uma faísca da explosão. Desatentos, ficamos mais propensos a acidentes, até mesmo dentro de casa, onde nos sentimos seguros. A agressividade também está solta por aí, só esperando uma provocação para aprontar. Esta é uma tendência real, infelizmente, com a briga dos poderosos lá em cima, no ajuste das quadraturas. Então esteja atento para não virar estatística, para não cair sem querer na vibração de estranhamento. Cultive a paz e o amor dentro, assim a pressão externa, por maior que seja, não encontra brecha para invadir o seu centro. E nada de afobação, faça o que der, o que não der deixa pra lá ou deixa pra depois, pro ano que vem. Aproveite a vibração propícia à intuição, é ela que vai te fornecer bagagem para fazer suas apostas, suas escolhas de quais votos renovar para 2014. No mais, permita-se entrar nas vestes do Louco, o arcano sem número e sem moldes do Tarot... abra seu coração e confie, deixe o universo te surpreender. Se a sua sintonia for de paz, de bem e de amor legítimo, quem poderá atrapalhar essa frequência?

As cartas nos trazem a Chave em destaque, com influência dos Lírios e do Coração, numa sintonia divina com o momento. Já temos a chave nas mãos para acessar os novos tempos que se anunciam. A senha que garante o seu funcionamento é exatamente a frequência combinada de paz e amor (Os Lírios e O Coração).

Se der tempo (eu espero que sim!) passo por aqui amanhã. Se não der, desejo desde já a todos vocês um ingresso com pé direito no chão de 2014, com muita harmonia, alegria, gentileza, amorosidade, iluminação, saúde, prosperidade, amores e amigos.

Quero agradecer especialmente à transformação poderosíssima que se opera em mim. Fácil não é, mas quando a gente aceita o convite e se entrega ao fluxo, a magia se instala. Não tenho a menor dúvida da importância desta Vênus retrô em todo o processo, a minha Vênus caprica (hoje em exercício de oposição com Lilith inclusive), além do stellium lá na cabra também, com Sol e Mercúrio em conjunção praticamente exata e de mãos dadas com Plutão, todos eles visitando os meus planetas natais de casa IV e empoderando a minha alma. O presente mais precioso dentre todos é a satisfação comigo mesma. O grande prazer de sentir amor pela imagem que vejo no espelho e por essa "estranha mania de ter fé na vida". Sou imensamente grata.

Pra combinar com tudo isso, hoje vamos de Milton Nascimento: Maria Maria.

Gratidão pela companhia preciosa de cada um de vocês. Feliz Ano Novo!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

domingo, 29 de dezembro de 2013

the fool on the hill


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Vênus: A Casa (♥ Rei de Copas ♥) + as cartas de corte: O Sol (Ás de Ouros) e A Cegonha (Rainha de Copas). A carta da casa rege a casa IV da mandala astrológica, casa de Câncer, onde temos Júpiter retrógrado e Lilith em trânsito, e representa segurança emocional, equilíbrio, proteção, bem como o nosso eu, o nosso lar, a nossa intimidade e a nossa família. A carta do sol rege o signo de Leão e nos traz caminhos abertos e abençoados, iluminação, prosperidade, vigor, clareza, sabedoria e cura. O Sol carrega a abençoada proteção de Oxalá. A carta da cegonha rege o signo de Áries, onde temos Urano em trânsito, o planeta irreverente que muda as coisas sem aviso. A Cegonha representa novidades, surpresas, mudanças repentinas e para melhor.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua balsâmica (final da fase minguante) em Sagitário quadrada a Netuno em Peixes e em sextil com Vênus retrógrado em Capricórnio. Saturno em Escorpião faz trígonos com Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos. Nodo Norte em Escorpião está em bisextil com Netuno em Peixes e Sol e Mercúrio conjuntos em Capricórnio. Marte em Libra participa de duas quadraturas em T, uma com Urano em Áries e Sol, Mercúrio e Plutão conjuntos em Capricórnio e outra com Júpiter retrógrado em Câncer e Sol, Mercúrio e Plutão capricornianos. Meio do Céu em Aquário e Ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Domingo é dia de trabalho interior e finalmente a lua minguante retorna a Sagitário para fechar o ciclo dessa lunação do arqueiro, que também encerra o ano de 2013. Muita gente esteve aflita e desanimada especialmente nos últimos dias, com a lua minguando nas profundezas de Escorpião. Finalizações e entendimentos do que esteve confrontando o mundo de dentro e necessitava de desapego, bem apropriado ao ciclo da maré vazante. A luz no fim do túnel volta a brilhar e com ela a vontade de separar, agora com mais lucidez, as sementinhas que queremos que vinguem no novo ciclo lunar e no novo ano também. Exatamente no dia 1º, às nove e quinze da manhã, a lua será nova, dando início à lunação de Capricórnio. Mais do que nunca vale o sentido da antiga frase, repetida de geração em geração a cada virada de ano: ano novo, vida nova! A esta altura você já deve ter pistas do que é necessário desapegar para que a vida tenha força de brotar outra vez com impulso suficiente para renovar de fato e trazer de volta a alegria e o entusiasmo. Depois de hoje ainda temos mais dois dias inteiros para acertar a mão no plantio, com a escolha apropriada das sementes que devem ser lançadas ao solo. A lua sagitariana faz exercício de contradição com Netuno e pode nos levar a fantasiar demais, portanto pegue leve nas idealizações. Fé cega é fanatismo. Mercúrio está alojado no coração do Sol e a intuição será uma forte aliada na abertura das ideias, dos sentimentos e dos caminhos, que devem ter uma conexão espiritual sim, mas com pelo menos um pé na realidade, já que o stellium (reunião de planetas num signo) da vez se dá em signo de terra. E, num sentido mais amplo, a coerência com quem somos nós... almas inseridas numa experiência terrena. A lua também faz belo aspecto com Vênus, despertando a nossa amabilidade e confiança e nos cercando de uma atmosfera bastante agradável. Um alívio para o coração e uma baita ajuda para olharmos para nós mesmos com mais gentileza e admiração. E por aí passa a via de encantamento mais poderosa que existe, com grande poder transformador e curativo: o amor próprio. Algumas gotinhas dele por dia são capazes de provocar verdadeiros milagres, especialmente porque nos ajudam a entender que para mudar o mundo só precisamos mudar a nós mesmos. O resto vem por associação prazerosa. "Façamos, vamos amar!"

As cartas, em perfeita sintonia com o céu, nos trazem a Casa em destaque, com a influência do Sol e da Cegonha. Vamos deixar a luz entrar, iluminar, curar, para que um novo ser ressurja das cinzas e traga de volta todo bem-estar e segurança que merecemos desfrutar. Que o verdadeiro templo possa fazer morada dentro de cada um de nós.

Sinto muito, me perdoa, vos amo, sou grata (Ho'oponopono).

Hoje vamos de Sir Paul McCartney, com a encantadora e tudo a ver com o imenso poder que reside em cada um de nós, a espera do nosso despertar: The Fool on The Hill.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

sábado, 28 de dezembro de 2013

as time goes by


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Saturno, na 2ª hora de Júpiter: O Buquê (Rainha de Espadas) + as cartas de corte: O Cigano (Ás de Copas) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta do buquê é regida por Júpiter, o grande benéfico do astral, e representa sorte, felicidade, mimos, gentileza, belas surpresas e realizações, além da proteção da sábia orixá Nanã Buruquê. A carta do cigano, de volta hoje depois de uma pausa ontem, e pela quarta vez por aqui esta semana, é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, bem como o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. Também temos aí a nossa maneira de agir representada, já que a regência da carta é de Marte. A carta do cavaleiro, que também se repete aqui hoje, é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua minguante em Escorpião conjunta a Saturno, em trígono com Júpiter retrógrado em Câncer e em sextil com Plutão em Capricórnio. Nodo Norte em Escorpião está em bisextil com Sol e Mercúrio conjuntos em Capricórnio e com Netuno em Peixes. Marte em Libra faz quadraturas em T, com Urano em Áries e Sol e Mercúrio conjuntos em Capricórnio, e com Urano em Áries e Plutão em Capricórnio. Lilith em Câncer faz trígono com Saturno em Escorpião. Júpiter retrógrado em Câncer se opõe a Plutão em Capricórnio e ao Sol e Mercúrio conjuntos, também em Capricórnio. Vênus retrógrada em Capricórnio está sem aspectos. Meio do Céu em Aquário e Ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua balsâmica (final da fase minguante) em Escorpião está conjunta a Saturno e em excelentes aspectos com Júpiter e Plutão. Sábado intenso, com segurança e autoconfiança presentes, intuição afiadíssima e o auxílio luxuoso da gentileza e da sorte. Mercúrio cazimi, no coração do Sol, e de braços dados com Netuno e Nodo Norte também dá um grau a mais, superpoderoso, nas questões intuitivas, nas conversas e nas ideias criativas. Uma linda chance de afinar o nosso discurso com os nossos desejos mais caros e, quem sabe, encontrar a via de concretização dos mesmos. Muitas vezes a gente quase desiste de um sonho, por considerá-lo difícil demais, longe demais, complicado demais. E aí, de repente, quando a gente menos espera, acontece alguma coisa que nos aproxima novamente do foco. Aliás, o foco está na ordem dos dias, com o stellium (reunião de planetas) no determinado território de Capricórnio. Capricas são conhecidos inclusive como aqueles que conseguem chegar lá, onde querem. Sabe por que? Porque não desistem, sabem que tudo vem a seu tempo e encaram com fé a montanha à sua frente. A subida é longa, mas o prêmio é certo para quem consegue vencer os desafios e chegar lá em cima. Então estamos todos convidados a acreditar mais em nós mesmos e ir atrás do que queremos tanto. Não é teimosia, é foco e fé. Quando queremos muito, de verdade e com o coração totalmente envolvido, o universo conspira. Mas, tem um detalhe importante que não deve ser desconsiderado nessa estrada afora montanha acima. Sempre haverá coisas para nos distrair, são testes para ver se o nosso foco é real. Mas se algo bater insistentemente à sua porta, pode ser que você tenha que pegar um desvio, sair da estrada real e aceitar o convite para saber o que tem de energia sua ali. Com os dois benéficos do céu retrógrados, Vênus e Júpiter, resgates importantes chamam por muitos de nós. Quem sabe o retrocesso seja necessário para que a estrada flua livre e desimpedida mais à frente? Quem sabe também o universo quer te mostrar que há outro sonho muito melhor à sua espera? Como saber sem experimentar? Fica a dica para reflexão.

As cartas nos trazem o Buquê em destaque, com influência do Cigano e do Cavaleiro, nos dizendo mais uma vez que tem alguém decidido a nos dar prazer e alegrias. Hummm! E também indica que a nossa atitude deve estar mais voltada para a gentileza, em qualquer situação. Nunca é demais repetir: Gentileza gera gentileza.

Hoje vamos de As Time Goes By (Herman Hupfeld), na divina versão de Billie Holiday.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

caminhos cruzados


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Vênus, na 2ª hora de Vênus: O Coração (Príncipe de Copas) + as cartas de corte: O Coração (de novo!) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta do coração, de novo por aqui hoje e ainda por cima dobrada, rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. Marte, o guerreiro planeta da ação transita atualmente neste território, o signo de Libra. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua minguante em Escorpião quadrada a Vênus retrógrada em Capricórnio, se aproximando de uma conjunção com Nodo Norte, e em bisextil com Netuno em Peixes e Sol em Capricórnio. Marte em Libra faz quadratura em T com Urano em Áries e com Sol, Mercúrio e Plutão conjuntos em Capricórnio. Júpiter retrógrado em Câncer se opõe a Plutão em Capricórnio e faz trígono com Saturno em Escorpião. Lilith em Câncer também faz trígono com Saturno escorpiano. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Eita que esta sexta-feira de Vênus tá querendo! A lua míngua em Escorpião e se aproxima da conjunção com Nodo Norte, cutucando mais uma vez o nosso destino. A tendência deveria ser de recolhimento, mas a quadratura com Vênus nos entrega de bandeja a insatisfação com os esquemas emocionais conhecidos e nos impulsiona para fora, numa espécie de busca frenética por coisas novas. E é aí que mora o perigo, ou não. É preciso o entendimento do que é insatisfação real ou do que é apenas carência infundada. Estamos todos em processo de revisão em busca do ouro. Cabe a cada um avaliar, com honestidade, se está valorizando a parceria certa neste momento. Quem está em uma relação verdadeira, leal e com o coração envolvido não precisa de teste algum porque sabe bem o que quer, o que dá e o que recebe. Quem está assaltado pela dúvida é que pode sentir forte necessidade de rever e, para estes, a chance pode realmente se apresentar. A intensidade se faz presente. A intuição também, com uma força impressionante e trazendo a chance de conversas emocionalmente reveladoras. E não podemos menosprezar toda a delicadeza do momento, com a quadratura em T tensionando pra valer, num puxa-estica que também pede avaliação criteriosa do que se está vivendo, com a oferta de tudo transformar. O masculino está aflito, em conflito com as escolhas diante dos caminhos que se apresentam. Marte está em Libra e o impulso de decisão fica comprometido. O feminino está em processo de investigação, com a Vênus mais séria do astral em marcha a ré, buscando entendimento sobre si, reavaliando. Momento complicado em que a própria lua pede recolhimento em sua fase minguante, por enquanto sem força para avançar em suas marés. Isso tudo quer dizer que, por mais confusos estejamos, ainda não é o momento para comunicar decisões, mas é sim um momento muito adequado para sentí-las internamente, e muito será adicionado aos pratos da balança. Semana que vem, começo do ano e com a lua nova no céu, estaremos mais aptos a entender para que lado a balança pende afinal. Hoje também temos um portal aberto para comunicação com o alto, para o exercício da fé. Uma boa chance de orientação para quem estiver confuso. Peça, abra o seu coração em prece com quem é da sua sintonia. A resposta pode chegar por canais variados... através de uma mensagem, de uma conversa, de um pensamento inusitado, de uma lembrança significativa, de um fato real ou de um sonho. Observe, sinta. O sinal que passar pelo coração contém em si a revelação.

As cartas nos trazem o Coração em destaque, com a influência dele próprio (duplicado na tiragem) e do Cavaleiro. A mensagem parte do coração e tem urgência de alcançar outro coração. Muita intensidade no ar, com todas as cartas de Copas e o mensageiro entre dois corações. Também temos aí a sintonia entre amor e sexo se oferecendo em plena sexta-feira de Vênus.

Hoje vamos de Tom Jobim, na voz de Milton Nascimento: Caminhos Cruzados.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

raindrops keep falling on my head


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Júpiter na 2ª hora de Vênus: O Livro (10 de Ouros) + as cartas de corte: O Cigano (Ás de Copas) e O Coração (Príncipe de Copas). A carta do livro rege o signo de Peixes e representa estudos, projetos, e também mistérios, coisas em segredo. A carta do cigano, pela terceira vez seguida por aqui, é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, bem como o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. Também temos aí a nossa maneira de agir representada, já que a regência da carta é de Marte. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. Marte, o guerreiro planeta da ação transita atualmente neste território, o signo de Libra.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua minguante em Libra quadrada a Júpiter retrógrado e a Lilith cancerianos. Marte em Libra participa de duas quadraturas em T, uma com Urano em Áries e Plutão em Capricórnio, outra com Urano em Áries e Sol e Mercúrio conjuntos em Capricórnio. Júpiter retrógrado em Câncer se opõe a Plutão em Capricórnio e faz trígono com Saturno em Escorpião. Lilith em Câncer também faz trígono com Saturno escorpiano. Netuno em Peixes faz bisextil com Sol em Capricórnio e Nodo Norte em Escorpião. Vênus retrógrada em Capricórnio está sem aspectos. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua minguante libriana quadra Lilith em Câncer e nos vira do avesso. No outro extremo, a turma começa a se juntar em Capricórnio, com Sol e Mercúrio ainda mais próximos na conjunção e encaminhando-se para o encontro com Plutão. Vênus, também em Capricórnio, mas sem aspectos, embala a sua marcha a ré e nos desnorteia a todos. Por acaso estão sentindo também um certo embaralhar das cartas na área dos sentimentos? Também estão sentindo a revisão apertar forte o coração? Tem gente ressurgindo das cinzas por aí? É, a coisa é séria, ou melhor, quer saber a sério o que queremos, quem queremos. Não se assustem, recebam a inquietação e observem o que é que ela veio fazer aí dentro do peito. Com certeza ela veio ensinar alguma coisa, e não necessariamente substituir relacionamentos. O que ela quer é provocar reflexões. Em alguns casos pode até rolar flash back e, se rolar, tem mais cara de ser a chance de finalizar decentemente romances que foram subitamente interrompidos do que recomeçar uma parceria com muitos anos de duração. É que a lua está minguante lá em Libra, signo dos relacionamentos, e a fase minguante é um convite às finalizações bem feitas, sem mágoas, sem reveses, o fim do fim. E isso é só o começo, viu gente? A coisa toda promete ficar ainda mais intensa nos próximos dias com a formação da grande cruz cardinal, que pega mais forte para quem tem planetas pessoais (mas especialmente para quem tem sol, ascendente e lua) em Áries, Câncer, Libra e Capricórnio. O ano está chegando ao fim, e é como se muitos de nós tivessem ficado de recuperação na parte emocional, para aprender direitinho o que nos pegou desatentos. Então, é um convite para arrumar os sentimentos antes do ano novo chegar. E para isso temos uma baita ajuda da conjunção Sol-Mercúrio, que será exata no sábado (28/12) e influenciada por Plutão, para abrir magicamente e ao mesmo tempo os nossos portais sensoriais, emocionais e racionais para alcançarmos o entendimento do que agora ainda nos confunde. Enquanto isso, prestem atenção aos sonhos, eles estarão recheados de informações essenciais para essa compreensão. Anotem o que vier para alinhavar depois.

As cartas nos trazem o Livro (Peixes) em destaque, com influência do Cigano (Marte) e do Coração (Casa VII/Libra). A nossa ação se volta para a investigação dos mistérios emocionais. Que a pesquisa resulte em sabedoria.

Hoje vamos de B.J. Thomas, com Raindrops Keep Falling On My Head.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

fazenda


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Mercúrio, na 2ª hora de Júpiter: A Casa (♥ Rei de Copas ♥) + as cartas de corte: O Cigano (Ás de Copas) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta da casa rege a casa IV da mandala astrológica, casa de Câncer, onde temos Júpiter retrógrado e Lilith em trânsito, e representa segurança emocional, equilíbrio, proteção, bem como o nosso eu, o nosso lar, a nossa intimidade e a nossa família. A carta do cigano, de novo hoje por aqui, é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, bem como o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. Também temos aí a nossa maneira de agir representada, já que a regência da carta é de Marte. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua minguante em Libra conjunta a Marte e reforçando as duas quadraturas em T, uma com Urano em Áries e Sol em Capricórnio e a outra com Urano em Áries e com Plutão em Capricórnio. Júpiter retrógrado em Câncer se opõe a Plutão em Capricórnio e faz trígono com Saturno em Escorpião. Lilith em Câncer também faz trígono com Saturno escorpiano. Netuno em Peixes faz bisextil com Nodo Norte em Escorpião e com Sol e Mercúrio conjuntos em Capricórnio. Vênus retrógrada em Capricórnio está sem aspectos. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua míngua conjunta a Marte em Libra, signo da diplomacia e gentileza. Mas ela entra na luta dos poderosos de plantão, Urano, Plutão e Marte, em forte e explosivo exercício de contradição. Um pequeno tropeço no equilíbrio interno e toda a tendência gentil pode ir pelos ares. Mas olha como o arranjo do céu é sempre perfeito! Hoje é dia de Natal, feriado nacional e agregador da família e dos amigos. Como disse aqui na última postagem, muita gente íntima reunida sempre pode embutir, em meio à alegria da chance de matar a saudade, mágoas e desafetos por vezes bem disfarçados durante anos. E eles têm agora terreno fértil para sair das tocas. Os ânimos estão exaltados e qualquer faísca pode virar incêndio. E aí entra a diplomacia da lua libriana, que chega como agente apaziguador, querendo ouvir os dois lados e entrar num acordo que satisfaça a ambos. Conjunta a Marte, ela faz nesta trama o papel de bombeiro, ativando a ação de salvar o povo que se dispuser à discórdia. Bacana isso. Temos aí a perfeita execução do exercício de contradição, que lança seus desafios mas também oferece a chance de uma saída para eles. E é assim que a gente cresce, quando há disposição para encarar os nós e desembaraçá-los. De qualquer forma, a emoção pega forte hoje, até mesmo esse Marte libriano tão imparcial, que prefere ficar quietinho, só observando, pode ser chamado a se envolver de verdade e com verdade. Com Plutão e lua na parada o buraco é bem mais embaixo, bem mais profundo. Se situações difíceis vêm à tona afinal, é melhor mergulhar nelas do que fazer de conta que não existem e engolir sapos que vão fermentar e adoecer ainda mais. É cura para todos os envolvidos, é cura para a família, tão em foco não apenas no dia de hoje, mas (e especialmente) em tempos de Júpiter retrógrado no signo de Câncer, o berço, a mãe, lugar do princípio das emoções em cada um de nós e que constitui a base de todo o nosso arranjo sentimental. Se esta base estiver doente, toda a nossa sinfonia relacional fica comprometida e saímos por aí enfiando os pés pelas mãos nas outras parcerias que fazemos ao longo da vida. O que está em evidência então é o amor. E talvez exatamente por isso a Vênus retrógrada em Capricórnio esteja sem aspectos com o resto do céu, aguardando a nossa cura para que saibamos então estabelecer laços mais maduros nas parcerias emocionais que formamos para além da família que nos deu origem.

No mais, Mercúrio agora também transita pelo signo de Capricórnio, trazendo mais seriedade aos diálogos e mais coerência e praticidade aos nossos pensamentos. Cada vez mais próximo do Sol, ele também provoca uma abertura sensacional na intuição. Aproveitem!

As cartas nos trazem o Cigano (Marte) em destaque, sendo chamado a agir, se posicionar, ter atitude (O Cavaleiro) lá onde mora a raiz das coisas, a casa, a família, lugar onde temos segurança para expor nossas fraquezas e transmutá-las (A Casa). Um chamado da alma, da essência, do barro de que somos feitos. Júpiter está lá, em Câncer, casa IV da mandala astrológica, e em trígono com Saturno, nos possibilitando transformar lama em barro construtor. Reparem que todas as cartas de hoje carregam o naipe de Copas. A argamassa para erguer a construção é o amor, viu gente?

Também temos a saudade aí evocada, a lembrança da força do ninho que nos acolhe, especialmente para os que estão distantes do lar ou para quem já teve um lar e não tem mais. E aqui vai um convite para observar a importância desse lar, que também é o que fazemos do nosso espaço interior, a morada que construímos no coração e que não pode ser tirada de nós. Olhem bem para a imagem desta carta, que é o destaque da tiragem e que ilustra este post. As ameaças ficam do lado de fora (os urubus sobrevoando); a vaidade (o ego) também está do lado de fora (o pavão); lá dentro tem luz, que sugere calor e acolhimento; lá dentro tem escuridão também, proporcionalmente menor que a claridade, mas está lá, somos feitos de sombra e luz afinal. Que saibamos dar conforto à nossa alma. Tá tudo dentro, é só querer.

A canção de hoje já passou por aqui, mas merece voltar para embalar esta postagem. De Milton Nascimento e Nelson Ângelo, desta vez pelas lindas vozes dos meninos do Boca Livre: Fazenda.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

happy xmas


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia da Lua, na 2ª hora do Sol: O Cigano (Ás de Copas) + as cartas de corte: Os Lírios (Rei de Espadas) e A Chave (8 de Ouros). A carta do cigano é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, bem como o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. Também temos aí a nossa maneira de agir representada, já que a regência da carta é de Marte. A carta dos Lírios é regida pela Lua e nos fala de paz, serenidade, bem-estar, amorosidade, além de carregar a proteção da orixá Oxum. A carta da chave é regida pelo Sol e representa soluções, o poder de abrir caminhos em nossas mãos.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Virgem em trígono com Plutão em Capricórnio e sextil com Júpiter retrógrado em Câncer. Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos estão em trígono com Saturno em Escorpião. Júpiter está oposto a Plutão. Urano em Áries se envolve em duas quadraturas em T: uma com Marte em Libra e com Plutão em Capricórnio, outra com Marte em Libra e com Sol em Capricórnio.Netuno em Peixes faz bisextil com Sol em Capricórnio e Nodo Norte em Escorpião. Vênus retrógrada em Capricórnio está sem aspectos. Sol e Mercúrio estão conjuntos, o primeiro em Capricórnio, o 2º nos últimos graus de Sagitário. Amanhã Mercúrio também será capricorniano. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua cheia virginiana se liga em bons aspectos com Júpiter e Plutão, nos envolvendo num clima hospitaleiro, com aumento da generosidade e também da acuidade para ouvir e ajudar as pessoas. Combinação perfeita para esta época de reunião familiar e celebrações. Mas também temos uma desarmonia entre Marte, Plutão e Urano, que pode nos deixar de estopim curto com as provocações. E quando reunimos pessoas distantes da nossa convivência, num primeiro momento o que grita é a saudade, mas na sequência outras coisas guardadas também costumam vir à tona, especialmente carências e mágoas, disfarçadas por grandes períodos de tempo. Isso é família gente! Pessoas com uma mesma raiz mas com direções diferentes nos galhos. Fora os agregados, que também se somam à mesa e ao espaço comum, em alguns casos, durante os dias festivos. Ajunte aí as bebidas, comuns nas comemorações, e se não houver uma preocupação legítima com a harmonia, pode haver atrito. Devemos ter um cuidado especial também com a nossa segurança nas ruas, por conta dessa configuração de poderosos se estranhando lá em cima.

Amanhã é véspera de Natal, dia oficial da ceia em família, e o céu colabora. Embora a indisposição dos guerreiros celestes permaneça, a lua dá às mãos a Vênus e se enlaça em bisextil com Júpiter e Saturno. Temos tudo para lustrar o brilho da noite, com encantamentos, gentilezas e amor de sobra. Teremos em mãos o pacote perfeito para desembrulhar. Com amor e generosidade não há cara feia que não se abra, ainda que seja num meio sorriso.

Desejo a todos vocês uma noite de brilho real, com sorrisos bem abertos e sinceros, com bonitas trocas de afeto e de mimos, com alegria e animação, com comidas gostosas e amor no coração. Afinal, estes são os presentes mais belos que podemos ter.

As cartas nos trazem o Cigano (Marte) em destaque, com a influência generosa dos Lírios (Lua/Oxum) e da Chave (Sol). Um lindo recado de que a amorosidade é a senha para que as nossas ações fluam, sejam legítimas e possam de fato transformar alguma coisa, pelo menos às pessoas que estão ao alcance do nosso toque e a nós mesmos por espelhamento. E a mensagem essencial: Não há guerra que resista ao amor. Somos nós que mudamos o mundo sim, de acordo com as nossas atitudes. Trabalho de formiguinha sim, mas possível e necessário. Não desistam do amor!

Hoje vamos de John Lennon: Happy Xmas (War Is Over)

Feliz Natal, queridos. Pra mim e pra vocês!
Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

domingo, 22 de dezembro de 2013

você vai me seguir


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Mercúrio: A Torre (6 de Espadas) + as cartas de corte: O Cavaleiro (9 de Copas) e A Lua (8 de Copas). A carta da torre é regida por Saturno, pai e senhor do signo de Capricórnio, e representa o nosso interior, nosso mundo interno, propósitos e ideais da alma, bem como uma postura mais reservada. É uma carta de muita proteção espiritual, ela faz a ponte entre o que está em cima e o que está embaixo. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel. A carta da lua rege o signo de Câncer, onde temos Júpiter retrógrado e Lilith em trânsito, e nos fala de honrarias por merecimento, envolvimento emocional na questão, intuição, mistérios e sombras também.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Virgem oposta a Netuno em Peixes e em trígonos com Sol em Capricórnio e Mercúrio nos últimos graus de Sagitário, conjuntos. Júpiter retrógrado em Câncer se opõe a Plutão em Capricórnio e faz trígono com Saturno em Escorpião. Lilith canceriana também faz trígono com Saturno escorpiano. Urano em Áries se envolve em duas quadraturas em T: uma com Marte em Libra e com Plutão em Capricórnio, outra com Marte em Libra e com Sol em Capricórnio. Netuno em Peixes faz bisextil com Sol em Capricórnio e Nodo Norte em Escorpião. Vênus retrógrada em Capricórnio está sem aspectos. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Ok, apertem os cintos que é hora do mergulho. A lua cheia alcança Virgem e faz exercício de oposição com Netuno em seu reino, Peixes. Ela faz ainda bons aspectos com Sol e Mercúrio conjuntos, o primeiro também em signo de terra, o segundo ainda em signo de fogo e quase cruzando a fronteira para as terras altas de Capricórnio. A lua virginiana é expert em faxinas e organização. Em contradição com o Deus dos mares e das marés, nos convida a promover a limpeza na nossa caverna escura e desarrumada. Coisinhas que preferimos jogar por lá para enfrentar depois, mais tarde, tal qual roupas jogadas que vão se acumulando no quarto quando a vida lá fora é mais urgente e não queremos perder tempo. Pois é, então chegou a hora de recolher uma por uma, dobrar, alisar, pendurar, guardar. Jogar fora o que não serve mais é uma excelente ideia também. Falo de sentimentos, viu gente? As roupas foram apenas uma metáfora. Mas elas também se inserem na organização, as coisas físicas que não têm mais serventia podem bem servir e alegrar outras pessoas. O desapego é um excelente companheiro no momento. Mas voltando às sombras ou às nuvens que nos habitam, pesadas e tempestuosas ou rosadas como algodão-doce, mágoa ou ilusão, o que importa agora é a revisão. E Vênus já começou a selecionar desde ontem por onde vai traçar seu caminho de busca do que ficou para trás, para ser acolhido ou dispensado. Vamos lá! O ano velho está quase acabando. Um ano novinho em folha nos aguarda logo ali na frente. Que tal arrumar a casa para recebê-lo? A dica preciosa é aceitar o convite e encarar os espelhos que nos despem. Somos todos peixinhos navegados pelo mar, essa entidade que nos atravessa, norteia, desnorteia, governa, engana, acaricia, embala, embriaga, ensina. Quer aprender a manejar esse leme? Confie. Antes a viagem passa por dentro, é Jonas dentro da barriga da baleia (profecia judaico-cristã). Somos nós engolidos por nós mesmos e perdidos na imensidão desconhecida. Ignorantes de nós mesmos, como podemos saber o rumo, a direção? A intuição está poderosamente favorecida. Que possamos alcançar a iluminação necessária nessa busca, para resgatar de lá o maior tesouro: um novo ser, coroado com a consciência de si.

As cartas nos trazem a Torre (Saturno) em destaque, influenciada pelo Cavaleiro (Mercúrio) e pela Lua (Câncer/1º signo de água/o princípio das emoções). O racional e o emocional pedem reajustes e as entranhas da torre (Saturno em Escorpião) nos aguardam. É o nobre cavaleiro nos entregando o convite para visitar o escuro de nós mesmos. Intuição ativar! Vá com fé, até o fundo. É de lá que a base para o impulso pode ser acionada. Depois do mergulho, a ascensão.

Hoje vamos de Chico Buarque, com Você Vai Me Seguir.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

sábado, 21 de dezembro de 2013

joão e maria


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Saturno, na 2ª hora de Vênus: A Cigana (Ás de Espadas) + as cartas de corte: O Coração (Príncipe de Copas) e O Cigano (Ás de Copas). A carta da cigana é regida por Vênus e representa a mim e a todas as mulheres que frequentam o Salamalek Tarot, bem como a mulher mais importante da vida dos homens que passam por aqui. Também temos aí os relacionamentos em pauta, já que a carta tem regência de Vênus. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. Marte, o guerreiro planeta da ação transita atualmente pelo signo de Libra. A carta do cigano é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, bem como o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. Também temos aí a nossa maneira de agir representada, já que a regência da carta é de Marte.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Leão quadrada a Saturno em Escorpião. Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos estão fazem trígonos com Saturno em Escorpião. Urano em Áries faz quadratura em T com Marte em Libra e com Plutão em Capricórnio. Netuno em Peixes faz trígono com Nodo Norte em Escorpião e sextil com o Sol em Capricórnio. Vênus está estacionária e sem aspectos em Capricórnio, poucos minutos antes das oito da noite ela inicia a retrogradação. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Sol em Capricórnio quadra Marte em Libra. Mercúrio em Sagitário está conjunto ao Sol em Capricórnio e sem aspectos com o resto do céu. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua leonina quadra Saturno e toda aquela empolgação de ontem se esvazia. Hoje as emoções ficam mais escondidas e os semblantes mais sérios. O peso da responsabilidade fica maior e, quem tiver trabalho pendente, tarefas a executar, sentirá forte o chamado para as obrigações. Mas as novidades de hoje são a chegada do Sol no signo de Capricórnio, dando as oficiais boas-vindas ao Verão, e o início da retrogradação de Vênus, o planeta do amor, da beleza e das finanças, que também está em Capricórnio. A cabra-da-peste está em evidência exatamente no dia regido por Saturno, seu tutor. Bom, e nós com isso? As características capricornianas passam a vigorar com mais força a partir de hoje no astral, influenciando-nos, afinal todos temos Capricórnio em algum lugar do mapa natal, e é exatamente aí, na casa do mapa de cada um onde o signo faz morada e nos assuntos pertinentes à ela, é que a influência será mais sentida. Mas a força maior será exercida sobre as pessoas que têm Sol, Ascendente ou Lua no reino das cabras. Este é um signo de terra, feminino e cardinal, o que significa que dá início às mudanças e têm características de liderança, motivação, foco e entusiasmo. É com ele que atravessamos de um ano para o outro segundo a tradição ocidental, sendo portanto o signo oficial do período das festas e o dono da chave que abre as portas da estação do verão no hemisfério sul e do inverno no hemisfério norte. Seus filhos têm por principais características o foco e a fé (em si mesmos principalmente), são determinados e não desistem facilmente (a palavra correta aqui quase poderia ser nunca, rs) de seus objetivos e sonhos. Seu símbolo é a cabra marinha, a cabrita com rabo de peixe que aponta o ideal dos capricas, fluir seja na terra seja na água, uma metáfora para explicar a conquista alcançada pela determinação e pelo foco que desafia e desarma os obstáculos que acaso se interponham na sua jornada. Mas aí também mora o segredo: essa conquista é plena com o casamento dos mundos material e espiritual. Quando o caprica entende a máxima de Hermes Trimegistus, que "o que está em cima é igual ao que está embaixo", ele ganha o rabo de peixe para deslizar entre os obstáculos e alcançar o topo da sua árdua montanha. Sim, os filhos de Saturno são valentes trabalhadores e normalmente desfrutam da vida depois de já terem percorrido a metade dela. Mas eles sabem que tudo vem a seu tempo. Podem ser irônicos por vezes em relação a isso, porque conhecem o trunfo da persistência sobre a precipitação. E quanto mais velhos mais crianças são, permitem-se deixar finalmente viver a criança que nunca foram. Relaxam e gozam de tudo aquilo que persistentemente conquistaram.

Sobre o seu símbolo, eis aqui a explicação:
"Na mitologia greco-romana, Capricórnio, ou bode do mar, é a lembrança do cabrito Aegipan, que foi colocado por Zeus entre as constelações porque ele foi amamentado junto com Zeus, pela cabra Amalteia.

Durante a luta contra os titãs, foi ele quem colocou nos inimigos o medo chamado de panikos. A parte inferior do seu corpo era de peixe, porque ele jogou conchas, em vez de pedras, contra o inimigo.

De acordo com os sacerdotes gregos e alguns poetas, quando os deuses estavam reunidos no Grécia, surgiu, de repente, Tifão, um monstro terrível e inimigo dos deuses. Estes, com medo, mudaram de forma, Hermes se tornando uma íbis, Apolo o pássaro conhecido pelo nome de trácio e Ártemis em um gato. Por este motivo, os gregos não permitem que estas criaturas sejam injuriadas, porque elas são representações dos deuses. Pã, segundo eles, jogou-se no rio, e transformou a parte inferior do seu corpo em peixe, e o resto em bode, assim escapando de Tifão. Zeus, admirando a sua esperteza, o colocou entre as constelações." (Wikipédia)


E hoje Vênus, que também transita Capricórnio, inicia seu processo de retrogradação, abrindo a temporada de revisão séria e focada nos relacionamentos amorosos e na forma como lidamos com a nossa vida financeira. Hora de dar um passo atrás para consertar as coisas nestas áreas. Amores antigos também podem dar o ar da graça, especialmente se ainda houver coisas a serem resolvidas na antiga relação.

As cartas nos trazem a Cigana (Vênus) em destaque, trazida pelas mãos do Cigano (Marte) e do Coração. Um homem apaixonado vai atrás da mulher que despertou seu amor. Nós mesmos partimos hoje para a ação (Marte) movida pelo coração em busca das redefinições que darão forma e estrutura aos relacionamentos (Vênus).

Parabéns aos capricas. Parabéns pra mim, que também sou uma. Lindo verão a todos!

Hoje vamos de Chico Buarque, com João e Maria, antecedida de uma breve e deliciosa explicação dele sobre a música.

Gratidão imensa!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Imagem: a imagem de hoje é a própria cabra da montanha, em homenagem aos capricas.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

gente


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Vênus, na 2ª hora da Lua: O Sol (Ás de Ouros) + as cartas de corte: Os Pássaros (7 de Ouros) e A Chave (8 de Ouros). A carta do sol rege o signo de Leão e nos traz caminhos abertos e abençoados, iluminação, prosperidade, vigor, clareza, sabedoria e cura. O Sol carrega a abençoada proteção de Oxalá. A carta dos pássaros é regida por Urano, o planeta irreverente que nos traz as coisas de surpresa, e representa romance, alegrias, conversas entre pessoas queridas, leveza, noção de pertencimento, comunicações. A carta da chave é regida pelo Sol e representa soluções, o poder de abrir caminhos em nossas mãos.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Leão oposta a Vênus em Capricórnio, quadrada ao Nodo Norte em Escorpião, em sextil com Marte em Libra e em trígono com Urano em Áries. Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos fazem trígonos com Saturno em Escorpião. Urano em Áries faz quadratura em T com Plutão em Capricórnio e com Marte em Libra. Netuno em Peixes faz sextil com o Sol em Sagitário e trígono com Nodo Norte em Escorpião. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Sol em Sagitário quadra Marte em Libra. Mercúrio em Sagitário está conjunto ao Sol e sem aspectos com o resto do céu. Meio do Céu em Aquário e Ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua é cheia em Leão, trazendo uma atmosfera festiva para a sexta-feira de Vênus. Ela ainda faz bons aspectos com Marte e com Urano, nos deixando mais expansivos, dinâmicos e animados. Mercúrio também se aproxima cada vez mais do Sol, que percorre os últimos graus de Sagitário para ingressar amanhã à tarde nas terras altas de Capricórnio. A conjunção Mercúrio-Sol aumenta a nossa capacidade para entendimento das questões ocultas, alinhando os desejos com os pensamentos, emprestando à comunicação uma facilidade maior de posicionamento e resolução. Tudo isso junto traz a promessa de uma noite bastante fogosa, boa para sair da toca e celebrar, seja lá o que for, com alegria, graça e prazer. Astral propício às trocas com os amigos, com energia suficiente para garantir muita diversão. É o céu colaborando com o clima de festas já instalado nesta véspera de fim de semana praticamente emendado ao Natal. Mas o impulso do fogo, tão forte, também tem lá a sua carga de exageros. Então é bom atentar para a oposição entre a Lua e Vênus, ainda vigente e com Vênus prestes a iniciar movimento retrógrado, para não enfiar os pés pelas mãos, especialmente nos gastos. Também é bom ficar esperto para não falar demais e dar "bom dia a cavalo". No mais, o importante é ser feliz! Brinde à vida, aos amigos, aos amores e ao simples mas importante fato de ser um sobrevivente deste ano cheio de desafios, que finalmente se aproxima do fim.

As cartas nos trazem o querido Sol em destaque, com a influência dos Pássaros e da Chave, numa fantástica coerência com o céu, visto que a carta do sol rege o signo de Leão, onde temos a Lua em trânsito, a carta da chave é regida pelo próprio Sol, e a carta dos pássaros tem regência de Urano, também bastante evidenciado no astral de hoje. Que a comunicação certeira nos possibilite abrir nossos caminhos com muita iluminação, alegria e bênçãos. Mais um detalhe muito, mas muito importante: reparem que todas as cartas são do concretizador naipe de Ouros. Somem essa tendência ao fogaréu que o céu dispara e acreditem nos seus mais caros desejos. Há um grande potencial de realização disponível. Vibrem!

Para saudar toda essa alegria disponível (e que saibamos nos conectar à ela), vamos de Caetano Veloso, com Gente.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

fly me to the moon


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Júpiter, na 2ª hora de Vênus: A Cigana (Ás de Espadas) + as cartas de corte: O Cigano (Ás de Copas) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta da cigana é regida por Vênus e representa a mim e a todas as mulheres que frequentam o Salamalek Tarot, bem como a mulher mais importante da vida dos homens que passam por aqui. Também temos aí os relacionamentos em pauta, já que a carta tem regência de Vênus. A carta do cigano é regida por Marte e representa os homens que visitam este espaço, bem como o homem mais importante da vida das mulheres desta egrégora. Também temos aí a nossa maneira de agir representada, já que a regência da carta é de Marte. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua cheia em Câncer conjunta a Lilith, em trígono com Saturno em Escorpião e oposta a Vênus em Capricórnio. Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos também fazem trígonos com Saturno em Escorpião. Urano em Áries faz quadratura em T com Plutão em Capricórnio e com Marte em Libra. Netuno em Peixes faz sextil com o Sol em Sagitário e trígono com Nodo Norte em Escorpião. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Mercúrio em Sagitário avança na conjunção com o Sol e não faz aspectos com o resto do céu. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua cheia em Câncer passou por bela conjunção com Júpiter, o grande benéfico, e agora faz conjunção com Lilith, a lua negra. Faz também exercício de oposição com Vênus e trígono com Saturno. O abraço com a lua negra nos convida mais uma vez ao mergulho, ainda mais com a oposição vigente entre Lua e Vênus, trazendo uma sensação de que falta alguma coisa para nos completar. A peça ausente que completa o quebra-cabeças está dentro e não fora, e aponta para uma avaliação necessária entre o ter e o ser. O que é mais importante pra você? Os nossos valores herdados pedem mais uma vez para serem revistos, para que o que é mais caro à alma seja enfim evidenciado. Mas para isso é necessário que primeiro façamos o exercício de compreensão dos nossos próprios mecanismos sabotadores. Vênus já está estacionária para entrar em movimento retrógrado neste sábado. Esta fase que antecede o início da retrogradação é mais complicada do que a própria, como que deixando as coisas em suspenso, emperradas. E o foco está nos relacionamentos e nas finanças. Esta última inclusive parece ser a que mais pode atrapalhar a vida, especialmente de quem está na vibração do impulso pelas compras, que é a onda de todo fim de ano. Muitos se endividarão do mesmo jeito, tentando cumprir o que o capitalismo defende com unhas e dentes como sendo normal e a maioria de nós acredita e vai no embalo, tentando comprar com presentes os afetos. Nada contra a troca de presentes, desde que não seja uma coisa obrigatória, como a visão materialista faz parecer nesta época do ano, desvirtuando a proposta, esta sim válida, de estar mais conectado aos queridos que em recesso para as festas podem se juntar à família e aos amigos para trocar afetos, estes sim reais. Então mais uma vez a pergunta ressoa: o que é mais importante pra você? Reflita sobre as exigências do mundo e as suas próprias, faça uma comparação honesta e corte o que é supérfluo, o que não representa uma nutrição real em termos de sentimentos, tem brilho falso. Presenteie sim, se isso te faz feliz. Mas preocupe-se muito mais com a presença, com a possibilidade real de cultivar seu amor pelas pessoas que esperam por ele. Acolha. Acolha-se. Olhe nos olhos, abrace, beije e principalmente ouça mais, fale menos. Fale apenas o essencial.

As cartas nos trazem a Cigana (Vênus) em destaque, com influência do Cigano (Marte) e do Cavaleiro (Mercúrio), nos pedindo coerência entre palavra, pensamento e atitude, com a gente mesmo em primeiro lugar, na busca de uma postura mais franca para trocar com as pessoas que têm lugar especial no coração. Se atentarmos para a relação do Cavaleiro com o 9 de Copas, também temos o amor vibrando em alta potência entre o Cigano e a Cigana. Isso sim, é coisa linda de se ver e sentir. É este o presente que merece ser desembrulhado, com muito prazer!

O ápice da lua cheia foi na terça-feira, mas como ainda estamos na fase cheia, tá valendo a homenagem com essa canção especialmente linda. Então vamos de Bart Howard, na maravilhosa versão instrumental de Jim Hall: Fly me to the moon.

Gratidão imensa!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

domingo, 15 de dezembro de 2013

encontros e despedidas


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Mercúrio: A Cartinha (7 de Espadas) + as cartas de corte: Os Pássaros (7 de Ouros) e As Estrelas (6 de Copas). A carta da cartinha rege a casa III da mandala astrológica, lugar de regência de Mercúrio, o planeta das comunicações e das trocas, e nos fala sobre convites, notícias, mensagens, avisos, sonhos. A carta dos pássaros é regida por Urano, o planeta irreverente que nos traz as coisas de surpresa, e representa romance, alegrias, conversas entre pessoas queridas, leveza, noção de pertencimento, comunicações. A carta das estrelas rege o signo de Aquário e representa sorte, recompensa, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Gêmeos quadrada a Netuno em Peixes, em sextil com Urano retrógrado em Áries e em trígono com Marte em Libra. Urano retrógrado em Áries quadra Plutão em Capricórnio e quadra Marte em Libra. Netuno em Peixes faz trígono com Nodo Norte em Escorpião. Vênus em Capricórnio está sem aspectos. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Sol e Mercúrio sagitarianos estão sem aspectos e iniciam conjunção. Saturno em Escorpião faz trígonos com Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos. Meio do Céu em Aquário e ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua cresce em Gêmeos em desarmonia com Netuno e faz bons aspectos com Urano e com Marte. Astral voltado às trocas e comunicações, com uma generosa pitada de irreverência e originalidade. Só devemos atentar para uma forte tendência à rebeldia e também com uma certa dose de engano nas entrelinhas, tipo supervalorizar as mensagens para caber naquilo que projetamos, a danada da ilusão. Se bem que, ainda que a lua geminiana esteja quadrada a Netuno, o que pode nos sujeitar aos enganos, o seu dispositor (Mercúrio) está livre de aspectos, fazendo com que a nossa acuidade mental se preserve acima e além de qualquer restrição. Além disso, Mercúrio vai diminuindo a sua distância do Sol, aumentando com isso a nossa possibilidade de entendimento das questões ocultas e alinhando os desejos com os pensamentos, com maior facilidade para se posicionar e resolver questões. O bom aspecto da lua com Marte e com Urano também nos deixa dispostos e cheios de energia, quer dizer, o domingo tá com cara de sexta-feira ou sábado, atiçando a vontade de sair, arejar, estar entre os amigos, ver e viver coisas novas. Movimento é o lema!

Leituras também são muito bem-vindas, com chance de devorar um livro inteiro com prazer até o fim do dia. Os livros são uma deliciosa chance de viajar sem sair do lugar. Eles trazem a aventura até você e te levam nas asas da imaginação. E tanto as viagens quanto as aventuras estão super favorecidas com Sol e Mercúrio transitando pelo arqueiro, aumentando consideravelmente a nossa sede de conhecimento, especialmente por novidades.

As cartas nos trazem a Cartinha em evidência, com influência dos Pássaros e das Estrelas, evidenciando a já forte tendência do dia pelas trocas agradáveis com os amigos e também com pessoas distantes, que podem dar o ar da graça através de mensagens ou telefonemas.

Hoje vamos de Milton Nascimento, com a maravilhosa e tudo a ver com o astral e com as cartas, Encontros e Despedidas.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

sábado, 14 de dezembro de 2013

adágio


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Saturno, na 2ª hora de Vênus: Os Lírios (Rainha de Espadas) + as cartas de corte: Os Lírios (de novo!) e A Árvore (7 de Copas). A carta dos Lírios é regida pela Lua e nos fala de paz, serenidade, bem-estar, amorosidade, além de carregar a proteção da orixá Oxum. A carta da árvore rege o signo de Virgem e nos fala de prosperidade, fortalecimento emocional e bem-aventurança, além de carregar a proteção do orixá das matas, Oxóssi.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Touro oposta a Saturno em Escorpião, em sextil com Lilith em Câncer e em trígono com Vênus em Capricórnio. Urano retrógrado em Áries quadra Plutão em Capricórnio. Netuno em Peixes faz trígono com o Nodo Norte em Escorpião. Plutão em Capricórnio faz sextil com o Nodo Norte em Escorpião. Sol e Mercúrio em Sagitário estão sem aspectos e iniciam conjunção. Saturno em Escorpião faz trígonos com Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos. Marte em Libra está sem aspectos. Meio do Céu em Peixes e Ascendente em Gêmeos na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua crescente em Touro faz exercício de oposição com Saturno e se enlaça em bons aspectos com Lilith, a lua negra, e com Vênus. Olha aí o feminino pedindo passagem em todas as suas expressões! E se por um lado a oposição com Saturno possa sugerir à primeira vista uma certa dificuldade, ela também provoca a reflexão necessária para que não haja excessos nesse empoderamento, afinal não tem sentido algum uma competição entre feminino e masculino, isso já temos de sobra. O ideal é o equilíbrio e a harmonia dessas forças, dentro e fora de nós, em conformidade com a passagem de Marte pelo signo de Libra. Como disse ontem, uma nova e inusitada forma de se relacionar está sendo gestada, com mais companheirismo e verdade nas relações.

A noite de sábado (bastante chuvosa por aqui) pede gentileza e amabilidade para superar qualquer insatisfação ou melancolia advinda da oposição da lua com Saturno. Uma boa receita para os casais é resolver as diferenças de humor na cama, afinal a lua taurina é a rainha das sensações e, com Lilith por companhia, há promessa de sexo ardente. Para quem não tem um parceiro ou não está com ele por perto, a dica é se entregar ao que dê prazer, como por exemplo sair ou se reunir com os amigos para comer, beber e prosear. Entregar-se à preguiça também vale, de preferência com guloseimas por companhia. Mas seja lá o que for fazer, faça tudo lentamente, sem pressa. Aprecie, sinta, deguste.

No mais, a lua é crescente com uma excelente vibração de prosperidade e boas chances de materialização dos nossos intentos. Que assim seja!

As cartas nos trazem os Lírios em destaque, com influência deles mesmos e da Árvore, atentando com perfeição para a famosa frase do sábio e amoroso profeta: "Gentileza gera gentileza".

Hoje vamos de Paco de Lucía, com toda a riqueza de sensações do Concierto de Aranjuez - Adagio, composição para guitarra e orquestra do compositor espanhol Joaquin Rodrigo.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

coisa mais linda


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Vênus, na 2ª hora de Vênus: A Cegonha (Rainha de Copas) + as cartas de corte: O Coração (Príncipe de Copas) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta da cegonha rege o signo de Áries, onde temos Urano em trânsito, o planeta irreverente que muda as coisas sem aviso. A Cegonha representa novidades, surpresas, mudanças repentinas e para melhor. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Touro oposta ao Nodo Norte em Escorpião e em trígono com Plutão em Capricórnio. Urano retrógrado em Áries quadra Plutão em Capricórnio e faz trígono com Mercúrio em Sagitário. Netuno em Peixes faz trígono com Nodo Norte em Escorpião. Vênus em Capricórnio está sem aspectos. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Sol em Sagitário está sem aspectos. Saturno em Escorpião faz trígonos com Júpiter retrógrado e Lilith cancerianos. Marte em Libra está sem aspectos. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua cresce em Touro em exercício de oposição com Nodo Norte e em harmonia com Plutão. Hoje é sexta-feira, dia da semana regido pelo planeta Vênus, e a lua está no signo onde Vênus faz sua primeira morada. A lua dos prazeres ganha poder na troca com Plutão no último signo de terra, acurando a nossa intuição para perceber o que está oculto, o que está em compasso de espera. Vênus e Marte estão soltinhos no céu, sem aspectos. Feminino e masculino com a consciência do livre-arbítrio reforçada. Podem seguir para o lado que o coração chamar, um chamado profundo à noção de pertencimento de si em primeiro lugar. É o que incita também a oposição da Lua com o Nodo Norte, reforçando o pedido de busca pelo norte pessoal de cada um. Saber de si é o princípio para qualquer comprometimento, afinal. À noite, a lua se opõe a Saturno, trazendo a fatura que cobra de nós exatamente essa postura de compromisso, do que temos feito dos nossos valores e do que pretendemos fazer adiante. E, diga-se de passagem, esses valores estão muito além da matéria. Saturno está em Escorpião e quer saber especialmente daqueles que são caros à alma. Uma chamada de consciência que perpassa antes o coração, os sentimentos. Como conversava hoje mais cedo com uma amiga querida, estamos atravessando uma fase importantíssima do despertar para uma nova consciência de quem somos. O ser individual está em processo de revolução interna e, por conseguinte, o ser que se relaciona também. As relações se transformam pois. O que virá ainda não sabemos, está sendo gestado. O que sabemos é que configuração semelhante ainda não vimos, não nesta vida. Surge um novo acasalamento, uma nova fêmea, um novo macho. Mas tudo isso está ainda em suspenso. É como se estivéssemos todos grávidos de nós mesmos, o que combina com perfeição poética com a retrogradação de Júpiter no signo de Câncer, de mãos dadas com Lilith, a lua negra e o avesso de todos os nossos conceitos herdados, que agora se pronunciam para serem digeridos (devorados) e reintegrados. Mercúrio começa a se achegar ao Sol, num ainda tímido início de conjunção, mas que já nos permite começar a sorver da sabedoria desses raios justamente em Sagitário. O entendimento desse novo ser tem início, mas parece realmente tomar corpo apenas ao fim do primeiro mês do ano que vem, que já está logo ali a nossa espera. Antes disso, Vênus ainda vai beber do passado e reencontrar Plutão. E, nesta viagem, Júpiter também puxa a cordinha lá do outro lado (oposição), aprofundando o mergulho de reconhecimento do ser. E uma dica para quem está cheio de certezas: tem muita coisa pra nascer. Aguardemos!

As cartas nos trazem mais uma vez a Cegonha em destaque, que já esteve por aqui esta semana, desta vez influenciada pelo Coração e pelo Cavaleiro, anunciando mudanças para melhor na área dos relacionamentos, já que todas as cartas são de copas. O mensageiro vai chegar, trazendo um recado direto do coração. Boas surpresas se anunciam.

Para saudar o dia de Vênus, em dia de poder (sexta 13) e com a Lua venusiana acenando para o poderoso feiticeiro (Plutão), vamos de João Gilberto com Coisa mais linda.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

beautiful love


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Mercúrio, na 2ª hora de Júpiter: A Árvore (7 de Copas) + as cartas de corte: A Criança (Príncipe de Espadas) e As Estrelas (6 de Copas). A carta da árvore rege o signo de Virgem e nos fala de prosperidade, fortalecimento emocional e bem-aventurança, além de carregar a proteção do orixá das matas, Oxóssi. A carta da criança rege a casa V da mandala astrológica, a casa dos prazeres e dos filhos, e nos fala de pureza, inocência, alegria, caminhos abertos, novidades e renovação. A carta das estrelas rege o signo de Aquário e representa sorte, recompensa, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Áries quadrada a Júpiter retrógrado em Câncer, quadra a Plutão em Capricórnio e em trígonos com o Sol e com Mercúrio em Sagitário. Urano retrógrado em Áries quadra Plutão em Capricórnio e faz trígono com Mercúrio em Sagitário. Netuno em Peixes faz trígono com o Nodo Norte em Escorpião. Vênus em Capricórnio faz trígono com Marte em Libra. Plutão em Capricórnio faz sextil com o Nodo Norte em Escorpião. Saturno em Escorpião faz trígono com Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer. Meio do Céu em Aquário e Ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua crescente segue em Áries, em exercício de contradição com Plutão e com Júpiter e em harmonia com o Sol e com Mercúrio, que, como ela própria, estão em signo de fogo. Cresce em nós também, como diria Guilherme Arantes na sua música "Cheia de Charme", um desejo enorme de revolucionar. Sim, esta é exatamente a pegada do astral de hoje, a vontade apressada de queimar etapas e fazer acontecer. E como a lua está na fase crescente, essa vontade fica ainda mais imperiosa. O ar tem cheiro de rebeldia. Pois é, mas a gente sabe que o apressado come cru. Então para que tanta pressa? Júpiter e Saturno, o senhor do tempo, estão ligados por aspecto harmônico, todos dois em signos de água, liberando o fluxo da expansão e garantindo a estrutura também. Mas não nos esqueçamos que Júpiter está retrógrado, então um passo de cada vez para não escorregar e desandar tudo. O que sobra dentro de nós é entusiasmo, e isso é muito bom. Mas não precisamos ser afoitos para fazer com que as coisas aconteçam, afinal a vida não é vivida toda de uma vez só, né? Então vamos baixar a ansiedade, que só chega para atrapalhar os processos. E por falar nisso, vocês já repararam como é curiosa essa coisa da ansiedade? Ela anda na contramão do fluxo, porque nos deixa tensos e com uma expectativa desleal com a relação a qualquer coisa que estejamos a espera que aconteça. E ela tem um poder incrível de embaralhar a parte que nos cabe no processo para que a coisa se efetive. A gente se atrapalha todo! Além disso, ela mexe com uma coisa bem maior e mais importante, a energia. Porque quando estamos sob os seus desígnios (da ansiedade), paramos de viver o agora para viver o que ainda não veio, o que ainda não é. E o medo se aproveita e se instala no coração, junto com aquela ponta de dúvida que nos sugere sutilmente: e se não der certo? E então passamos também a desconfiar se aquilo por que tanto esperamos vai de fato acontecer. E aí a gente passa a cocriar ao contrário, abrindo brechas para que as coisas desandem, o que algumas vezes acaba mesmo ocorrendo. E ainda tem mais, quem deposita todas as fichas no depois, fica viciado nisso. E quando o que se espera é alcançado, a pessoa não curte, acha que é pouco, que passou muito rápido. Tudo isso acontece porque essa pessoa perdeu o timing, fez um pacto com a ansiedade e não sabe mais apreciar o agora. O resultado é um estado de insatisfação permanente. Isso tem tudo a ver com a urgência do céu de hoje. Então a receita é baixar a bola para não se deixar contaminar por mais essa doença da modernidade que, além de tudo, é irmã gêmea da ingratidão.

As cartas nos trazem a Árvore em destaque, sob a influência da Criança e das Estrelas. Vocês já repararam a força que uma criança tem quando quer uma coisa? Mesmo que seja impossível aos olhos de um adulto, ela não sabe que é impossível e, por isso, ela tem êxito no seu intento. Vou dar um exemplo para ficar mais fácil de entender. Observe uma criança bem pequena, na fase de começar a andar. Se uma bolinha que ela está brincando rolar para trás de um móvel pesado, ela vai arrastar esse móvel para pegar a bolinha de volta. Adultos diante da cena provavelmente vão ficar boquiabertos e comentar uns com os outros: nossa! Como é que ela conseguiu? Isso é pesado até para mim que sou grande! Pois é isso. Ela consegue porque ainda não foi contaminada pelos desestímulos que sofremos de todos os lados ao longo da vida. Então ela simplesmente quer a bolinha e vai atrás dela. Isso, meus queridos, é a verdadeira definição de fé. É quando não há nada entre nós e o nosso sonho que não possa ser removido pelo nosso desejo de concretizá-lo. Esse é o recado das cartas de hoje: a pureza do coração da criança remove a complicação dos seus desejos e ainda coloca a sorte a favor dela para que o seu intento se realize. Que a gente possa aprender com ela, aquela criança perdida em algum lugar dentro de cada um de nós.

Ontem eu puxei o jazz pra cá pela primeira vez, sem saber que um dos grandes nomes do gênero havia virado estrela. Então hoje a homenagem é para ele, o sagitariano e guitarrista Jim Hall, que nesta canção faz parceria com outro grande monstro do Jazz, Michel Petrucciani, com quem agora pode continuar fazendo outras parcerias lá em cima. Apreciem Beautiful Love.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Judith Bärtschi Lenormand

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

cantaloupe island


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Marte, na 2ª hora de Vênus: A Cegonha (Rainha de Copas) + as cartas de corte: Os Pássaros (7 de Ouros) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta da cegonha rege o signo de Áries, onde temos Lua e Urano em trânsito, o planeta irreverente que muda as coisas sem aviso. A Cegonha representa novidades, surpresas, mudanças repentinas e para melhor. A carta dos pássaros é regida por Urano, o planeta irreverente que nos traz as coisas de surpresa, e representa romance, alegrias, conversas entre pessoas queridas, leveza, noção de pertencimento, comunicações. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua crescente em Áries conjunta a Urano, quadrada a Marte em Libra e a Plutão em Capricórnio e em trígono com Mercúrio em Sagitário. Netuno em Peixes faz trígono com Nodo Norte em Escorpião. Vênus em Capricórnio faz trígono com Marte em Libra. Plutão em Capricórnio faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Sol em Sagitário está sem aspectos. Saturno em Escorpião faz trígono com Júpiter retrógrado em Câncer. Meio do Céu em Aquário e Ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua que cresce em Áries dá as mãos a Urano e pega carona na quadratura com Plutão. Além disso, quadra Marte e se harmoniza com Mercúrio. O que temos pra hoje? Um astral com tendência ao nervosismo, irritação e precipitações. Mas por outro lado, um chamado às explosões criativas e à mudança de conceito em relação às insatisfações. Quem sabe o que vem se arrastando há tempos e não está bacana pode enfim achar a via de entendimento dentro e ser comunicado a quem de direito? Muita gente pode encontrar coragem para chutar o balde e mudar de rumo. Seja numa parceria que não mais contempla o acordo feito, seja numa relação que não mais se sustente, seja na maneira de executar alguma tarefa, enfim, a palavra de ordem para hoje é mudança. E, o mais curioso é que por mais que uma mudança radical a princípio possa parecer violenta, se prestarmos atenção, ela apenas derrama o copo cheio, que não tem mais espaço para nada e está cansado de abrigar mais do mesmo. De repente uma pequena gota d'água a mais faz transbordar e muda o conceito. Pode ser bastante libertador, inclusive. É geralmente o caso da mudança necessária que a gente adia por não saber como iniciar o processo, e de repente é provocada por algum fato ou notícia que a embale. Manobras do destino para dar uma mãozinha ao que está empacado. Mas é importante ressaltar que isso não é desculpa para deixar que as coisas que estão sob a nossa condução sejam abandonadas para se danar sozinhas. Isso é outra coisa. Além de falta de responsabilidade e de respeito para com as pessoas envolvidas, é como sair dando nós por aí que só podem trazer mais complicação em vez de alívio. Talvez não imediatamente, mas mais à frente esses mesmos nós voltarão para serem desfeitos, só que mais apertados. A sensação de paz vem exatamente da resolução das coisas. Deixar o outro sem saber é não se importar com nada além do próprio umbigo, reação infantilizada e sem sentido num mundo que precisa exatamente do contrário, de mais amor e atenção com as pessoas, ainda que o famoso saco cheio impere. Não quer mais? Comunique! E é aliás a forte tendência para hoje: a comunicação criativa, ou seja, encontrar a via para comunicar seja lá o que for. Assim, não há espaço para ninguém ficar pensando qualquer coisa, alimentando expectativas, entende? Tá mais para o toma lá, dá cá. E sem violência, por favor. É isso, ponto. O mais importante é a decisão tomada e comunicada. E isso é lindo, porque tem nome: liberdade.

As cartas chegam na mesma sintonia, trazendo a Cegonha (Áries) em destaque, sob a influência dos Pássaros (Urano) e do Cavaleiro (Mercúrio). O foco está nas conversas, recados, mensagens que chegam de repente e mudam as ordem das coisas, para melhor.

Hoje vamos de Jazz! Herbie Hancock e sua deliciosa Cantaloupe Island.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

o corsário


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia da Lua, na 2ª hora de Marte: O Buquê (Rainha de Espadas) + as cartas de corte: O Coração (Príncipe de Copas) e O Cavaleiro (9 de Copas). A carta do buquê é regida por Júpiter, o grande benéfico do astral, e representa sorte, felicidade, mimos, gentileza, belas surpresas e realizações, além da proteção da sábia orixá Nanã Buruquê. A carta do coração rege a casa VII, casa de Libra, 2º domicílio de Vênus, esfera dos nossos relacionamentos íntimos e parcerias, e representa envolvimento emocional, amor e paixão. A carta do cavaleiro é regida por Mercúrio, planeta responsável pelos pensamentos e comunicações, e representa o portador de mensagens, aquele que leva e traz, que faz e acontece, que vibra coerência entre palavra e atitude, o guerreiro corajoso e veloz. O nobre cavaleiro carrega ainda a proteção dos Exus e do Arcanjo Miguel.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a lua crescente em Peixes quadrada ao Sol em Sagitário e ativando o grande triângulo das águas, com Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer e com Saturno em Escorpião. Netuno em Peixes quadra Mercúrio em Sagitário e faz trígono com Nodo Norte em Escorpião. Vênus em Capricórnio está em trígono com Marte em Libra. Plutão em Capricórnio quadra Urano retrógrado em Áries e faz sextil com Nodo Norte em Escorpião. Mercúrio em Sagitário faz trígono com Urano retrógrado em Áries. Meio do Céu em Aquário e Ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua pisciana se liga aos outros signos de água em poderosos trígonos. Sensibilidade, intuição, fé e amorosidade coroam o início da fase crescente da lunação sagitariana, aprofundando a ênfase no sentir. Mercúrio em signo de fogo se harmoniza com Urano também em signo de fogo, trazendo muita disposição e criatividade nas trocas. O único senão é a quadratura de Mercúrio com Netuno, que tende a confundir um pouco o entendimento racional, mas por outro lado propicia bastante a comunicação lúdica e criativa, expressa por meio da poesia, da música e das artes em geral. O amor também está favorecido, enlaçando os casais numa atmosfera romântica. O astral é bastante promissor para transformar sonho em realidade, desde que as pretensões não sejam ancoradas em fantasias e idealizações absurdas, forte tendência a ser considerada também. A quadratura da lua com o sol pede que ajustemos os desejos às necessidades, construindo o edifício do sonho em bases que possam sustentá-lo, já que Saturno comanda um dos vértices do triângulo aquático. Netuno e Plutão também se harmonizam como o Nodo Norte, nos dando poder para transformar o nosso destino, desde que estejamos compromissados profundamente com as nossas escolhas. Enquanto isso, Marte e Vênus, também conectados por belo trígono, harmonizam o masculino e o feminino. Aliás e inclusive, Marte já entrou em Libra com essa configuração, ligado ao seu regente (Vênus), nesta longa passagem pelo signo dos relacionamentos e em oposição a Urano, nos trazendo a promessa de revolucionar a maneira de nos relacionar, especialmente no que tange aos papéis claramente definidos até hoje para cada um na relação. Ainda que a transformação seja lenta e não tão evidente, já que Marte libriano tem dificuldade para se expressar, o exercício de oposição se encarregará de efetivá-la. Talvez por isso Marte tenha que se demorar no signo bem além do tempo regulamentar.

As cartas nos trazem o Buquê em destaque, influenciado pelo Coração e pelo Cavaleiro, nos trazendo a promessa de realizações (o buquê) se a nossa motivação for realmente ancorada no amor (o coração) e à nossa disposição legítima de fazer acontecer (o cavaleiro).

Hoje vamos de João Bosco, com O Corsário.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

domingo, 8 de dezembro de 2013

maré cheia ê mar marejou


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia do Sol, na 2ª hora de Vênus: A Chave (8 de Ouros) + as cartas de corte: A Chave (de novo!) e As Estrelas (6 de Copas). A carta da chave, de volta hoje por aqui e em dose dupla, é regida pelo Sol e representa soluções, o poder de abrir caminhos em nossas mãos. A carta das estrelas rege o signo de Aquário e representa sorte, recompensa, confiança, fé, esperança, segurança emocional e caminhos abertos, além da proteção do nosso anjo da guarda.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua nova em Peixes conjunta a Netuno, quadrada a Mercúrio em Sagitário e em bisextil com Plutão em Capricórnio e Nodo Norte em Escorpião. Urano retrógrado em Áries quadra Plutão em Capricórnio e faz trígono com Mercúrio em Sagitário. Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer fazem trígono com Saturno em Escorpião. Marte em Libra faz trígono com Vênus em Capricórnio. O Sol em Sagitário está sem aspectos. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
A lua pisciana abraça Netuno e a dupla faz belos aspectos com Plutão e Nodo Norte, mas quadra Mercúrio. Domingo de sonho e intuição afloradíssima, mas as conversações tendem ao embaçamento, aquele risco de falar uma coisa e a pessoa entender outra completamente diferente, sabe? Faça as suas conexões com o alto, reforce seus pedidos, seus sonhos. O dia pede fé e alinhamento com o seu norte pessoal. Emoções intensas que se aprofundam ainda mais amanhã, com a presença do trígono de água no céu para coroar o início da fase crescente, dando uma força a mais no cultivo do que queremos ver crescer, especialmente na área dos sentimentos. O dia de hoje é mais contemplativo, voltado ao lúdico, dia e noite que propiciam a leitura de um bom livro ou assistir a filmes e a peças de teatro, ouvir música, dançar, ou ainda se entregar aos braços de Morfeu e deixar que os sonhos te embalem. É bom levar papel e caneta para a mesinha de cabeceira para anotar o que vier e juntar as mensagens para decifrar depois e separar o que é válido do que é apenas garimpo no mar das ilusões. O entendimento virá.

Hoje também é dia de saudar a Rainha das florestas, Oxum, Nossa Senhora da Conceição no sincretismo. Orixá do amor e da beleza, ligada às águas, ao mundo das emoções. E, encantadoramente, temos no dia dela a lua no último signo das águas e abraçada ao seu regente, onde Vênus tem a sua exaltação e o amor vira incondicional. Um chamado aos corações para atitudes mais compassivas, que estejam mais interessadas em amar sem esperar o troco. O mundo precisa mais disso, com toda a certeza. Muito mais!

As cartas nos trazem a dobradinha da Chave com as Estrelas por recheio. Muito interessante, porque se atentarmos para a conexão que a carta das Estrelas faz com o seis de Copas do Tarot, temos aí exatamente o resgate da inocência da criança em nós, da sua atitude de amor desinteressado e espontâneo e especialmente da sua crença de que tudo vai funcionar da melhor forma. E ainda vem com duas chaves por companhia, nos dando uma chance a mais de cocriar soluções para chegar mais perto das realizações que tanto queremos. É também o que as Estrelas nos dizem, para confiar no firmamento e fazer acontecer. Um belo presente em dia de mamãe Oxum. O meu presente foi toda uma noite de trabalho espiritual dedicado a ela, com direito à prazerosa confraternização em volta da fogueira ao término do ritual. Me sinto plena. Gratidão imensa!

E é claro que é pra ela a canção de hoje. A versão de Zeca Baleiro para esse belíssimo canto popular, Mamãe Oxum.

Ora iê iê!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

sábado, 7 de dezembro de 2013

live and let die


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Saturno, na 2ª hora de Júpiter: O Anel (Ás de Paus) + as cartas de corte: O Anel (de novo!) e A Chave (8 de Ouros). A carta do anel rege o signo de Touro, 1º domicílio de Vênus, e representa as nossas parcerias amorosas e sociedades. A carta da chave é regida pelo Sol e representa soluções, o poder de abrir caminhos em nossas mãos.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua nova em Aquário fora de curso desde às 10h12 e até 06h35 de amanhã, quando entra em Peixes. Vênus em Capricórnio se opõe a Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer e faz trígono com Marte em Virgem. Plutão em Capricórnio quadra Urano retrógrado em Áries e faz sextil com o Nodo Norte em Escorpião. Sol em Sagitário faz trígono com Urano retrógrado em Áries. Mercúrio em Sagitário quadra Netuno em Peixes, faz trígono com Urano retrógrado em Áries e sextil com Marte em Virgem. Saturno em Escorpião faz trígono com Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer. Nodo Norte em Escorpião faz trígono com Netuno em Peixes. Meio do Céu em Capricórnio e Ascendente em Áries na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Lua nova em Aquário e fora de curso até amanhã cedinho, às 06h35, quando ingressa Peixes. Dia e noite de sábado para relaxar na companhia dos amigos, sem muitas pretensões ou preocupações. Apenas deixe que as horas sigam seu curso sem lhes prestar atenção, desfrute do nada fazer sem culpa. Mais tarde, às 18h40, Marte atravessa a fronteira para vestir-se com o jeito libriano de agir por um longo período, até julho do ano que vem. Marte em Libra é o famoso "lobo em pele de cordeiro", aquele que sabe muito bem aonde quer chegar e, se for preciso, manipula sim para conseguir alcançar seus objetivos. Quando ele age não é por impulso, muito menos na hora em que a ação é necessária. Ele pensa bastante antes, e sua ação será com certeza baseada numa estratégia montada durante muito tempo, muitas vezes tempo demais até, quando a hora certa de fazer alguma coisa já ficou lá atrás, perdida no tempo e no espaço. Mas tudo nesta vida tem seu lado bom, e inclusive Marte em Libra nos induz a pensar desta forma antes de agir, ver o outro lado da questão. Assim, teremos um período de muitos meses comandado pela Temperança (Tarot), que tem tudo a ver com a ação ponderada, desde que a gente não se acostume a ficar confortavelmente apreciando tudo de cima do muro sem nada fazer. Essa relação com a Temperança tem algo muito maior a nos oferecer, ela nos convida, se formos capazes de ver além do quadradinho que nos cerca, a despertar o alquimista em nós, com o poder de transformar duas coisas distintas em uma harmônica e, só pela capacidade de fundir elementos dissonantes, com certeza o resultado será melhor. Esse Marte chega em Libra muito bem relacionado com o seu planeta regente, Vênus, e também com Mercúrio sagitariano, o buscador da verdade. O foco volta a operar nos relacionamentos, especialmente os mais íntimos, aqueles nos quais costumamos ter um cuidado maior ao pisar o chão, por medo de perder. E por falar em medo de perder, vale aqui uma importante reflexão, tudo a ver com os tempos de Marte em Libra:

Cercar, manipular e manter o controle sob todas as ações e até pensamentos do ser amado é amor? Você consegue ficar feliz de verdade, com aquele sorriso que brota do coração, quando o ser amado tem uma vitória que é só dele? Ou você é dos que acham que se alguma coisa o faz feliz e não te inclui é porque ele não te ama de verdade? Sinto dizer que quem pensa e age assim não ama. Isso pode ter muitos nomes. Capricho, vaidade, disputa, carência e até duelo... e outros mais que não me ocorrem agora. Mas amor é outra coisa, com teor desconhecido por quem não ama a si próprio. Como dar ao outro aquilo que a gente sequer conhece, afinal? Que esse questionamento vibre forte dentro de cada um de nós, para que possamos dar o primeiro passo verdadeiro na relação com qualquer outro ser que seja caro ao nosso coração. A lição número um é sobre respeito, a si mesmo e ao outro em primeiro lugar e, num panorama maior, à beleza das individualidades que fazem cada ser único e sensacional. Vamos trabalhar a autenticidade, uma das maiores dificuldades desse Marte libriano e, no entanto, a única coisa que carregamos que faz com que um outro ser se encante verdadeiramente por nós, sem que tenhamos a necessidade doentia de controlar esse encanto.

As cartas, como sempre, chegam em profunda harmonia, nos trazendo o Anel duplicado, com a Chave servindo de ponte. Que essa chave dourada como eixo de uma balança que tem alianças no lugar dos pratos, possa nos ensinar a promover o ritmo, o fluxo, o equilíbrio, a alquimia e o poder de dar partida nas soluções necessárias a um convívio mais verdadeiro.

Hoje vamos de Paul McCartney, com Live and Let Die.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

a via láctea


Olá, queridos!

Cartas de hoje, dia de Júpiter, na 2ª hora do Sol: A Cartinha (7 de Espadas) + as cartas de corte: A Casa (♥ Rei de Copas ♥) e O Sol (Ás de Ouros). A carta da cartinha rege a casa III da mandala astrológica, lugar de regência de Mercúrio, o planeta das comunicações e das trocas, e nos fala sobre convites, notícias, mensagens, avisos, sonhos. A carta da casa rege a casa IV da mandala astrológica, casa de Câncer, onde temos Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos, e representa segurança emocional, equilíbrio, proteção, bem como o nosso eu, o nosso lar, a nossa intimidade e a nossa família. A carta do sol rege o signo de Leão e nos traz caminhos abertos e abençoados, iluminação, prosperidade, vigor, clareza, sabedoria e cura. O Sol carrega a abençoada proteção de Oxalá.

Aspectos do Céu:
No céu do dia temos a Lua nova em Capricórnio conjunta a Vênus oposta a Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer, em trígono com Marte em Virgem e em sextil com Saturno em Escorpião. Plutão em Capricórnio quadra Urano retrógrado em Áries e faz sextil com o Nodo Norte em Escorpião. Sol em Sagitário faz trígono com Urano retrógrado em Áries. Mercúrio em Sagitário quadra Netuno em Peixes e faz sextil com Marte em Virgem. Saturno em Escorpião faz trígono com Júpiter retrógrado e Lilith conjuntos em Câncer. Nodo Norte em Escorpião faz trígono com Netuno em Peixes. Meio do Céu em Aquário e Ascendente em Touro na hora da tiragem das cartas.

Conselho do Dia:
Lua e Vênus já estão trocando ideias nas terras altas de Capricórnio, e assim avançarão madrugada adentro, fazendo aspecto exato daqui a pouco, às 19h45. Elas trocam bons fluidos com Saturno e Marte, e fazem exercício de oposição com Júpiter retrógrado e Lilith (a lua negra) conjuntos no Caranguejo. Papo profundo esse, considerando que Vênus esteve muitos dias sob a guarda de Plutão, e ontem foi a vez da Lua, numa troca rápida mas ainda assim intensa. A lua guarda em si toda a sabedoria feminina. Vênus, mais nova, e cabra teimosa que é, pode a princípio rebelar-se com os conselhos da lua, mas ao fim da visita tende a lhe dar razão, ou pelo menos ficar matutando a respeito. É o poder do feminino que está em questão, e com ele o resgate de muitas mulheres dentro da mesma. Com a lua negra junto a Júpiter em marcha a ré lá do outro lado, faz-se a trança do cesto sagrado, unindo a criança, a menina moça, a mulher, a mãe e a anciã, bem como o avesso de todas elas. E de quebra libertando-as de padrões equivocados passados de geração em geração por sabe-se lá quantas gerações. Tudo isso com a chancela de Marte, colocando o masculino, ainda em signo de terra (feminino, pois) a serviço da construção da nova face do feminino. Saturno também está envolvido, para garantir a seriedade dessa prosa. Mais à frente, a partir do dia 21 de dezembro, Vênus começa o caminho de volta para um novo encontro com Plutão. E é justamente aí nesse segundo encontro de poder, que a bela vai finalmente conseguir juntar todas as fêmeas numa só. Mas, depois de hoje, já terá pelo menos ciência da existência delas.

Mercúrio atravessou a fronteira para Sagitário e, ainda que esteja meio confuso pela quadratura com Netuno, recebe o apoio de Marte para exercer toda a sua franqueza, o que me parece de grande ajuda para as importantes conversações da noite.

As cartas chegam em bela sintonia, com a Cartinha em destaque, influenciada pela Casa e pelo Sol. A luz da verdade que procuramos comunicar está dentro. É lá que ela sempre esteve. Só trazendo à tona tudo que somos, com as nossas heranças incluídas, conseguiremos fazer com que as nossas mensagens sejam entregues e, com sorte, decifradas.

Hoje vamos de Lô Borges, com a lindíssima Via Láctea.

Gratidão!
_/\_

Texto: Lilian Guedes
Baralho: Mystical Lenormand